segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Conceição do Mato Dentro é sempre uma viagem.



Nesse feriado viajei para Conceição do Mato Dentro, cidade onde passei minha infância e adolescência, que adoro e onde me sinto super bem.

Tranquila e pacata, Conceição é sempre um lugar maravilhoso para recarregar as energias da alma e do corpo.

Lá reencontrei amigos, parentes queridos, desfrutei do carinho dos meus pais e do aconchego do casarão onde vivi importantes anos da minha vida.

Um dos momentos mais divertidos e prazerosos que curti na cidade foi o encontro de velhos amigos na casa e pousada do Homero Flávio Generoso, filho da nossa saudosa dona Mirtila. Lá se reuniram Luis Mauro Resende, Caxi Rajão, Rodolfo Ferreira, Homero e eu. Fizemos uma verdadeira volta ao passado através das histórias divertidas contadas pelo Rodolfo Ferreira, possuidor de uma memória invejável. Rimos de chorar dos casos verídicos e divertidos que ele relembrou e contou com maestria.

Conceição é uma cidade que encanta não apenas pelo astral gostoso que possui mas também pelas ruas, praças, casarões antigos e suas belas cachoeiras.

Confira agora algumas fotos que tirei dessa viagem:








6 comentários:

Pedro disse...

não preciso falar muito... é realmente um lugar muito belo, de uma paz e uma energia muito boa. felizmente todas pessoas que conheci de cmd (talvez nem todas carismaticas) mas todas foram educadas. a cada viajem algo novo é aprendido. gosto mto! =)

blogdadeborahrajao disse...

É isso, Pedro. Fico feliz que goste de Conceição. Mesmo necessitando de ser melhor cuidada, a cidade é sempre um lugar prazeroso de se visitar. Um dia vamos nos encontrar lá. Um grande abraço pra você.

Paula disse...

Saudades de lá ...dos lugares, do por do sol no salão de pedras, da comida no restaurante da Lili,do violão do Grilo, das noites enluaradas no largo do rosário e das pessoas. Eita saudosismo...haha

blogdadeborahrajao disse...

Oi, Paula, reaamente você conhece e aprecia algumas das boas coisas da vida que só Conceição possui.

Um dia vamos nos encontrar lá, ok? Um beijo pra você.

Anônimo disse...

é só marcar ... mas com direito a banho no alto do poço pari e descida a cachoeira do tabuleiro, ok? Ah, tem que ter pastel de Angu da dona Ia ... rs
Bjs,
Paula

blogdadeborahrajao disse...

Oi,Paula, na cachoeira do Tabuleiro acho que não volto mais nessa vida. Já estive lá várias vezes, inclusive já acampei no alto dela. Agora deixo essa missão pra vocês mais jovens.kkkk

Mas, podemos nos encontrar um dia na cidade mesmo para saborear o pastel de angu! Ai, que delícia!
Beijos.