sábado, 31 de julho de 2010

Os pássaros também dançam.

 Eu amo dançar. Faço aula de danças e acho que a dança faz bem pro corpo e pra alma.


Hoje quero trazer aqui para você um vídeo ao qual assisti hoje pelo youtube e achei sensacional. É que ele mostra que não apenas os seres humanos apreciam e podem usufruir da alegria de movimentar o corpo ao som de rítmos que mexem literalmente com nossas mais íntimas sensações e emoções.

Hoje descobri que também os pássaros dançam. E como dançam! Este, a que você vai assistir agora, é um entusiasmado dançarino de rock and roll . Vale a pena conferir. Não perca este show:

Fique ligado: Concurso vai premiar poesias e lendas.

Se você gosta de escrever, preste atenção! Continuam abertas até 25 de agosto de 2010 as inscrições para você participar de um concurso internacional de lendas e poesia organizado pela poeta e editora Tâniz Diniz.

Portanto, se você escreve, esta é uma ótima oportunidade de ter o seu trabalho divulgado e premiado..

Saiba mais sobre o assunto:


I CONCURSO INTERNACIONAL DE LENDAS E POESIA MULHERES EMERGENTES (ME)  - 2010


Seguindo a programação de celebração dos 21anos do mural poético ME-Mulheres Emergentes, a poeta e editora Tânia Diniz, lança o I CONCURSO INTERNACIONAL DE LENDAS E POESIA MULHERES EMERGENTES, um desafio aos escritores, para a criação de lendas sobre qualquer tema.

Lenda s.f.
1. narrativa fantástica.
2. narrativa popular vista como fato histórico, mas sem comprovação.
                             (Minidicionário Houaiss da Língua Portuguesa/ Editora Objetiva, RJ, 2004, 2ª edição – revista e aumentada)

Uma Lenda

Era uma menininha de pele esverdeada e hábitos singulares.
Vagava pela floresta sempre só. Gostava de balançar-se nos cipós, subir nas árvores e implicar com os macacos.
Pendurava-se nos barrancos à beira dos rios para ver a correnteza e os peixes. Às vezes seus longos cabelos tocavam as águas.
E chorava. Chorava sempre, por tudo e por nada. Por um bichinho interessante, pela gostosa brincadeira, pela linda flor, por um arranhão no espinho, pelo por-do-sol, pela luz da lua. O verde de seus olhos boiava constante em lágrimas.
Um dia desejou ser tão bela como a vitória-régia.
Debruçou-se à beira do rio e contemplou a flor horas a fio, dias a fio. Olhava-a e esperava tornar-se como ela. E tanto chorou que acabou secando, o corpo fininho preso à margem, os dedos como raízes, os cabelos ao vento.
Então Ci, a deusa da floresta, que a tudo assistira de sua constelação, ficou com tanta pena dela que a transformou. E surgiu a Samambaia chorona.
                                                                                                           Tânia Diniz
 (in O Mágico de Nós, contos curtos, 2ª. edição 1989, BH)


Una Leyenda 
Era una chiquita de piel verdosa y hábitos singulares. Vagaba por la floresta siempre sola.
Le gustaba hamacarse en el bejuco, subir en los árboles y pelearse a los monos. Se colgaba en los despeñaderos de la orilla de los ríos para mirar la corriente y los peces. A veces su largo pelo tocaba el agua. Y lloraba siempre, por todo y por nada. Por un bicho pequeñito e interesante, por un buen juego, por la bella flor, por un arañazo en la espina, por que el sol se ponía, por la luz de la luna. El verde de sus ojos flotaba constante en lágrimas.
Un día anheló ser tan bella como la vitoria-regia*. Se inclinó sobre la orilla del río y contempló la flor por horas y horas, días y días. Y tanto lloró que su cuerpo secó como un hilo delgado preso a la orilla.
Sus dedos como raíces, sus cabellos al viento. Entonces Ci*, la diosa de la floresta, que todo vió, por ella se enterneció y la transformó. Y surgió la Samambaya llorona*.

1.* vitoria-regia: planta del río Amazonas, muy bella.
2.* Ci : diosa del folclore brasileño.
3.* Samambaya llorona: un tipo samambaya, planta ormanental. Sus hojas cayen como lágrimas. Se dice Samambaya que llora.
                                                                                           Tânia Diniz
(in El Mágico de Nosotros, cuentos cortos, 2ª. edição 1989, BH, Brasil)


Regulamento

1º Concurso Internacional de Lendas e Poesia ME

O . Concurso Internacional de Lendas e Poesia ME comemora o vigésimo primeiro (21º) ano de existência do mural poético Mulheres Emergentes, o sensual em cartaz, criado em 1989 pela poeta Tânia Diniz.

Regulamento:

Categoria Lendas:

1. Até 03 lendas inéditas, sob pseudônimo,
em português ou espanhol. Tema livre. Máximo de duas (2) laudas por lenda.

2.Enviar por anexos de e-mail e também por correios:
a. uma cópia de cada lenda, assinada com o pseudônimo.
b.dados pessoais, (nome, endereço, e.mail, telefax, profissão, RG, pequena biografia, etc), títulos dos textos inscritos, pseudônimo - em envelope menor, lacrado; lado externo, apenas pseudônimo e nome da obra.

3.a. Inscrições abertas de 20 de abril a 30 de junho de 2010, valendo a data do carimbo postal. Encaminhar envelopes para a Redação; R. José Viola, 88 –CEP 30411-370, Belo Horizonte, MG, Brasil. Telefax (31) 33 32 21 11; e.mail: concursodelendasME@gmail.com
b. Taxa de inscrição de R$20,00 para o Brasil ou 10euros ou 10dólares, para o exterior.Aceita-se mais de uma inscrição por autor desde que com outro pseudônimo e outra taxa de inscrição .

4. A premiação constará de três (3) primeiros lugares que terão a publicação em Edição Especial do mural ME junto aos cinco finalistas classificados e um prêmio surpresa ao 1º colocado.
5.A Comissão Julgadora será composta de 03 membros altamente qualificados e suas decisões são definitivas e irrecorríveis.
6. Os originais não serão devolvidos. A inscrição vale pela aceitação de todos os itens deste regulamento e cessão de direitos para eventual publicação.
7. O resultado será anunciado em agosto de 2010, mês do folclore, no Brasil.

Categoria Poesia:

1. Até 03 poemas inéditos, sob pseudônimo,
em português ou espanhol. Tema livre. Máximo de uma (1) lauda por poema.

2.Enviar por e-mail e também por correios:
a. uma cópia de cada poema, assinado com o pseudônimo.
b.dados pessoais, (nome, endereço, e.mail, telefax, profissão, RG, pequena biografia,etc), títulos dos textos inscritos, pseudônimo - em envelope lacrado; lado externo, apenas pseudônimo e nome da obra.

3.a. Inscrições abertas 25 de agosto de 2010, valendo a data do carimbo postal. Encaminhar envelopes para a Redação; R. José Viola, 88 –CEP 30411-370, Belo Horizonte, MG, Brasil. Telefax (31) 33 32 21 11; e.mail: concursodelendasME@gmail.com
b. Taxa de inscrição de R$20,00 para o Brasil ou 10euros ou dólares, para o exterior.Aceita-se mais de uma inscrição por autor desde que com outro pseudônimo e outra taxa de inscrição .

4. A premiação constará de três (3) primeiros lugares terão a publicação em Edição Especial do mural ME junto aos cinco finalistas classificados e um prêmio surpresa ao 1º colocado.

5. A Comissão Julgadora será composta de 03 membros altamente qualificados e suas decisões são definitivas e irrecorríveis.

6. Os originais não serão devolvidos. A inscrição vale pela aceitação de todos os itens deste regulamento e cessão de direitos para eventual publicação.


Español:

El 1o. Concurso Internacional de Leyendas y Poesia ME conmemora el vigésimo primero (21º) aniversario de existencia del mural poético Mulheres Emergenpes, o sensual en cartaz. (Mujeres Emergenpes, lo sensual en cartel)
Fundado por la escritora Tânia Diniz en la ciudad de Belo Horizonte, en el estado de Minas Gerais, Brasil, es una publicación trimestral con formato tipo póster, que enfatiza lo femenino y lo sensual en las artes. Se halla en circulación dentro y fuera del país.

Reglamento:

Categoría Leyendas:
1. Hasta 03 leyendas inéditas, firmadas con seudónimo, recibidos en portugués o en español. Con tema libre. Máximo dos hojas, cada.
2. Enviar por anexos de e.mail y tanbién por correos:
a-  Una copia de las leyendas , firmadas con seudónimo
b- Los datos personales (nombre, dirección, e-mail, telefax, profesión, número de la identidad, pequeña biografia, etc), títulos de los trabajos que se presentarán bajo seudónimo, en sobre menor, lacrado, y el en su cara externa apenas el seudónimo y el título de la obra.
3. Las inscripciones están abiertas a partir del día 20 de abril hasta el 25  de agosto de 2010, valiendo la fecha del sello postal. Los materiales se remitirán a la redacción del ME acompañados de R$20,00 (Veinte Reales), valor correspondiente a la tasa de inscripción; o 10 euros, o US$10, para extranjeros. Se acepta más de una obra por el mismo autor, siempre y cuando las presente con distintos seudónimos y tasa.
Dirección de la Redacción: R. José Viola , 88 -  C.P. 30.411-370  Belo Horizonte - MG - Brasil
Telefax.: (31) 3332 21 11; y e.mail: concursodelendasME@gmail.com
4. El premio consistirá en tres (3) primeros clasificados serán publicados en Edición Especial del Certamen del ME con los cinco clasificados finales además de un prémio sorpresa para el primer colocado. 
5. La comisión que integrará el Jurado estará compuesta por 3 miembros altamente calificados y sus decisiones será definitivas e irrevocables.
6. Los trabajos originales no serán devueltos. La inscripción vale a partir de la plena aceptación de todos los integrantes del presente reglamento y la cesión de los derechos para una eventual publicación.

Categoría Poesia:
Mismas reglas y fechas, excepto: cada poema, máximo de una hoja. 

quarta-feira, 28 de julho de 2010

O Rio de Janeiro continua lindo!


















Estou de férias na Rádio Inconfidência e cheguei hoje de uma gostosa viagem ao Rio de Janeiro, cidade maravilhosa, repleta de charme e de um ótimo astral.

Foram poucos dias de passeio por lá mas, suficientes para matar saudades das belas paisagens cariocas. No Rio, todos os cantos e recantos da cidade nos oferecem sempre a oportunidade de obter uma bela fotografia.

E hoje, gostaria de compartilhar com você, um pouco da minha viagem e do meu olhar sobre o Rio de Janeiro, através destas imagens que registrei por lá e que provam que o Rio de Janeiro continua lindo...

OBS: para ver as fotos em tamanho maior basta clicar nelas, ok?


















sexta-feira, 23 de julho de 2010

Começa hoje o Festival de Inverno de Ouro Branco!

A partir de hoje, tem início em Ouro Branco-MG o tradicional Festival de Inverno. Em sua quinta edição, o evento promete movimentar e encantar a cidade durante 10 dias. 


Música, gastronomia, oficinas, teatro, dança e arte vão invadir Ouro Branco a partir desta sexta-feira, 23 de julho.


 Entre as atrações, o destaque do V Festival de Inverno de Ouro Branco vai para os shows de Arnaldo Antunes (31/07), Renato Teixeira (30/07) e Negra Li (29/07). Com o tema Diversidade, os três shows já apontam os caminhos escolhidos para a edição deste ano. 


Na programação deste ano vai do clássico ao moderno
Na programação deste ano vai do clássico ao moderno
De um lado, o moderno, com Arnaldo Antunes, que traz ritmos dançantes como o twist e a Surf Music e homenageia a Jovem Guarda. Do outro, o tradicional, com o regionalismo de Renato Teixeira e Violeiro do Pantanal (25/07), com João Ormed. O Hip Hop e a influência da música negra de Negra Li, surgem na contramão do Grupo de Violões da Casa de música de Ouro Branco (28/07), que propõe uma incursão pela música erudita. 

A mímulus retorna amis uma vez com o espetáculo Por um Fio
A mímulus retorna amis uma vez com o espetáculo 'Por um Fio'
E assim caminham as atrações do Festival: são temas, estilos e influências ás vezes contraditórios, mas que juntos se complementam e representam toda a diversidade da cultura e da produção artística do Brasil. 


A abertura acontece hoje, ás 21h na Praça de Eventos, com O Corpo Negro na Dança. O Balé de Rua de Uberlândia apresenta uma nova versão da atração que fez parte do 1º Festival e que encantou a platéia em 2006. O encerramento está previsto para o dia 01 de agosto (domingo). Quem encerra a programação é a Mímulus, companhia de Dança já conhecida da platéia de Ouro Branco. Desde a primeira edição, a companhia participa do evento. Em 2010, o grupo traz Por um Fio. 


Arnaldo Antunes traz o show Iê Iê Iê  (foto Marcia Xavier)
Arnaldo Antunes traz o show Iê Iê Iê (foto Marcia Xavier)
Depois de acompanhar as atrações, o público vai poder esticar a noite e acompanhar as atividades do Bar do Festival. Montado no "Redondo", na Praça de Eventos, o local vai trazer boa 
A mistura de hip hop e black music de Negra Li é um dos destaques da programação (foto Nana Moraes)
A mistura de hip hop e black music de Negra Li é um dos destaques da programação (foto Nana Moraes)
música e muita diversão para o fim de noite de quem acompanhar as atrações do festival. Na programação, samba, viola, MPB, rock e ritmos brasileiros. Os shows estão marcados para às 22h30. 

Todas as atrações são gratuitas. O V Festival de Inverno é promovido pela Prefeitura de Ouro Branco; realização da UFSJ e FAUF; patrocínio da Gerdau e apoio da Peugeot Sport Brasil. 


Fonte: www.ourobranco.mg.gov.br


(Assessoria de comunicação)

quinta-feira, 22 de julho de 2010

Assim esperamos!


'Desmatamento será o menor do menor', diz ministra

Publicação: 22/07/2010 22:16
Dados preliminares do desmatamento na Amazônia nos meses de junho e julho já permitem ao governo apostar em um novo recorde em redução do abate da floresta neste ano. "Este ano vai ser o menor do menor", disse nesta quinta-feira a ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira. 

O anúncio da nova taxa está previsto para setembro e ela deverá antecipar a meta do Plano Nacional de Mudanças Climáticas para 2017, de reduzir o desmatamento na Amazônia a 5 mil quilômetros quadrados, prevê a ministra. Isso equivale a pouco mais de três vezes o tamanho da cidade de São Paulo.

No ano passado, o país registrou a menor taxa de desmatamento da Amazônia desde o início da série histórica do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), em 1988. Os satélites mediram o abate de 7.464 quilômetros quadrados de floresta agosto de 2008 e julho de 2009. 

Luciano Evaristo, diretor de proteção ambiental do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), insistiu em que a fiscalização não relaxou em ano eleitoral. Desde agosto de 2009, o Ibama já embargou para a produção 139,6 mil hectares desmatados ilegalmente. 

No período de apuração da nova taxa de desmatamento, 59 tratores e 195 caminhões foram apreendidos, e foram aplicadas multas no valor de R$ 859 milhões. Em dez meses, o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) captou queda de 47% do desmatamento.

terça-feira, 20 de julho de 2010

Festival de Inverno promete movimentar Diamantina-MG, patrimônio histórico da humanidade.


                                                                                                             Déborah Rajão
                         


Começa nesta terça, em Diamantina, o 42º Festival de Inverno da UFMG, cuja programação prossegue até dia 29 e será integralmente realizada na bela cidade histórica mineira. O tema deste ano é Projeções – capturas e processos, com destaque para o cinema. Serão discutidos os diversos aspectos da representação da imagem. Oficinas, debates e eventos vão estimular a reflexão sobre a hegemonia da imagem – marca da cultura do século 21. A proposta é transdisciplinar: discutir o tema sob o enfoque de várias ciências e linguagens artísticas.

Em Diamantina, a extensa programação vai incluir encontros com artistas e pensadores. Sábado, o arquiteto Agnaldo Faria desembarca em Diamantina para falar sobre Processos curatoriais e a Bienal de São Paulo. O compositor, cantor e poeta Arnaldo Antunes faz performance no domingo. Dia 26, será a vez de o documentarista Eduardo Coutinho discutir o cinema atual. O ator e diretor Paulo José vai abordar o teatro e televisão feitos no país, além da produção cinematográfica. Dia 28, o percussionista Naná Vasconcelos põe a música no centro dos debates.

CASA DA GLÓRIA

O Festival de Inverno será aberto hoje, às 18h, no auditório do Instituto Casa da Glória. Às 19h30, o Grupo Malandrinho apresentará o show Os bambas do choro, interpretando peças de Pixinguinha, Ernesto Nazareth, Chiquinha Gonzaga, Jacob do Bandolim e Waldir Azevedo. Subirão ao palco os músicos diamantinenses Emerson Pinto (sopros), Felipe Leonardo (cavaquinho), Gleydson Lenner (percussão) e Luis Carlos Rocha (violão).

Às 21h, o Festival de Inverno promove evento especial. Na Igreja de São Francisco de Assis, o cantor e compositor Saldanha Rolim, o poeta Gonzaga Medeiros e o padre Nereu farão recital em homenagem a São Francisco de Assis. Canções, poemas reforçarão a mensagem ecológica e espiritual do protetor dos animais e do meio ambiente. Textos do próprio santo serão lidos.

PROGRAMÇÃO

TERÇA
18h – Abertura. Auditório do Instituto Casa da Glória
19h30 – Show do Grupo Malandrinho. Teatro do Instituto Casa da Glória.
21h – O padre, o poeta e o cantador. Igreja de São Francisco de Assis.

QUARTA
11h – Histórias de cordel, com Murion Cia. de Teatro. Rua do Bonfim.
15h30 – Histórias de cordel. Pátio do
Abrigo do Pão de Santo Antônio.
17h30 – Lançamento dos livros Retra-
tos erráticos, de Régis Gonçalves, e Cadernos de Amorímpar, de Lucia Castello Branco, Gabriel Sanna e Maria José Boaventura. Exibição do documentário Língua de brincar. Casa da Glória.
18h – Abertura da exposição Verticali
dade – Esculturas experimentais, de Petit Georges. Casa de Chica da Silva.
18h30 – Filme Nelson Gonçalves, de
Elizeu Ewald. Teatro Santa Izabel.
21h – Show Luz do meu ser, de Ivo Pe-
reira. Instituto Casa da Glória.

QUINTA
14h – Histórias de cordel, de Murion Cia. de Teatro. Distrito de Guinda.
15h30 – Aula aberta O ator na rua, de Ricardo Puccetti. Rua do Bonfim.
16h30 – Histórias de cordel. Distrito de Sopa.
17h30 – Abertura da exposição Cubro descubro, de Abel Monasterolo. Galeria do Teatro Santa Izabel.
18h30 – Exibição dos filmes A luta, Gabinete das figuras variadas e Guará, ladrão de estrelas, de Fábio Carvalho. Teatro Santa Izabel.
19h30 – A ver estrelas, com Nós Cegos Grupo de Teatro. Instituto Casa da Glória
21h30 – Projeto Viva viola. Com Bilora, Chico Lobo, Gustavo Guimarães, Joaci Ornelas, Pereira da Viola e Wilson Dias. Praça Doutor Prado.


fonte:www.uai.com.br

domingo, 18 de julho de 2010

Veja os bastidores do Prosa de Mulher deste domingo



Hoje você vai conferir aqui os bastidores do programa Prosa de Mulher, que foi ao ar neste domingo, dia 18 de julho de 2010.

O Prosa de |Mulher completou um ano no ar e já contou com a participação de mais de 200 mulheres convidadas desde sua estréia no dia 27 de maio de 2009.

O programa vai ao ar sempre aos domingos, de 12 às 14 horas, pela Rádio Inconfidência AM880 e também pode ser ouvido pelo www.inconfidencia.com.br.

Neste domingo, recebemos as seguintes convidadas:

PATRÍCIA MOREIRA

Coordenadora administrativa da Enoteca Decanter.

É graduada em Gestão Comercial. Há três anos trabalha na Enoteca Decanter, da qual é atualmente coordenadora administrativa.

Durante seis anos trabalhou na Delikatessen Royal, que atua também no segmento de bebidas finas, especialmente vinhos.

Nascida em Belo Horizonte, é solteira, tem 28 anos e, reside com os pais e outros dois irmãos solteiros, sendo a única filha.



ÍRIS LEAL CABRAL

Especialista em parapsicologia.

Tem 28 anos e é formada em Direito pela Faculdade Vale do Rio Doce e tem especialização em Parapsicologia, curso oferecido pela Faculdade Arnaldo Janssen, de Belo Horizonte. Possui cursos de aperfeiçoamento nas áreas de prevenção à criminalidade e reflexos da criminalidade violenta na sociedade contemporânea.

Desde adolescente, se interessa pelos chamados fenômenos paranormais mas, com o passar do tempo, essa afinidade se aflorou ainda mais. Em sua cidade natal, Governador Valadares, foi convidada por um amigo
para assistir a uma palestra do professor Luiz Carlos, que dá aulas no curso de Parapsicologia oferecido pela Faculdade Arnaldo Jansen. Percebendo a fascinação que o tema exercia sobre ela, resolveu fazer o curso.

Atualmente, trabalha como assessora jurídica, além de atuar, voluntariamente, como articuladora jurídica da APAE de Governador Valadares.

É solteira  mas, namora e não tem filhos.

RÚBIA DUARTE

Barista.

Formada em Administração de Empresas e pós-graduada em Marketing.

Também tem cinco cursos de aperfeiçoamento para Barista (profissional que prepara drinks à base de café),

Empresária do Villa Café, empresa no segmento de café expresso mais leve e café aromatizado, único do mercado.

Fornece seu produto para escritórios de arquitetura, advocacia, concessionárias de automóveis, grandes empresas, restaurantes, somando mais de mil clientes por todo o Brasil.

O café arábico é produzido nas fazendas Dom Bosco e Santa Helena, no município de Carmo da Cachoeira, Sul de Minas, região montanhosa que garante melhor qualidade para o produto.

Tem 32 anos, casada, sem filhos


VERA CHAVES PINHEIRO


Fundadora da Sahaja Yoga em Belo Horizonte, onde atua há vinte e um anos.

Formada pela Escola de Design da UEMG (antiga FUMA) onde deu aulas por vinte anos.

Residiu em Brasília, foi Secretária de Cultura do Governo do Distrito Federal e ao retornar a Minas assumiu a presidência da FAOP (Fundação de Arte de Ouro Preto).

Atualmente ministra aulas de Introdução ao Desenho em várias instituições.



Quero agradecer todas as mulheres que participaram do programa. Foi muito bom tê-las comigo no Prosa de Mulher!

Veja agora as fotos das nossas convidadas:

 

Vera Chaves Pinheiro 


Íris Leal Cabral


Rúbia Duarte


Patrícia Moreira

sexta-feira, 16 de julho de 2010

Ministério do Meio Ambiente abre inscrição para educadores concorrem a prêmio sobre sustentabilidade




Em sintonia com o Ano Internacional da Biodiversidade, o Ministério do Meio Ambiente, com a chancela do Instituto Ecofuturo, promove pelo segundo ano a edição do Prêmio Educação para a Sustentabilidade. Educadores de todo o País, de instituições públicas ou privadas,estão convidados a elaborar projetos pedagógicos com o tema Saber Cuidar.

O objetivo do prêmio é levar a sustentabilidade para a sala de aula, ajudando educadores a tratar do tema não apenas de forma teórica, mas com atividades práticas.

Para facilitar ainda mais a veiculação, foi criado um blog e uma biblioteca virtual no portal do concurso. No site, os professores podem encontrar livros, sites,vídeos e textos como o do escritor e jornalista Daniel Piza e do poeta Bartolomeu Campo de Queirós, especialmente selecionados para pesquisa e que podem ser usados como referência pelos educadores.

Premiação - O prêmio dos dez melhores autores será a publicação dos projetos em livro que todos receberão, R$ 3 mil em dinheiro e uma coleção de livros de literatura e de ecologia. Além disso, as escolas em que os os professores ministraram aula receberão uma coleção de livros de literatura e um computador com impressora. A primeira edição do concurso superou as expectativas, contou com 398 projetos inscritos.

O prazo para envio de projetos segue até o dia 25 de agosto.
Saiba mais em: http://www.premioecofuturo.com.br/2010/

16/07/2010
Aloma Petiane

terça-feira, 13 de julho de 2010

Empresas de telefonia desrespeitam o patrimônio histórico, cultural e social em Minas Gerais.

Quando li no  www.vermelho.org.br a  matéria que você vai ler a seguir também fiquei indignada, assim como os moradores da pequena Dom Joaquim, que é uma cidade vizinha da minha querida Conceição do Mato Dentro, ambas localizadas no interior de Minas Gerais.

O que me choca e irrita profundamente nesta noticia é ver a falta de sensibilidade dessas empresas de telefonia que se acham donas do mundo e acima de tudo e todos. O que  me irrita também é ver o quão o Estado é omisso com relação ao patrimônio histórico, cultural e social, já permite que aberrações como essa sejam uma constante em nossas terras.

Torço para que essa situação absurda seja reparada o mais rápido possível, que as antenas sejam retiradas e que a paisagem em Dom Joaquim volte a ser como antes desse desrespeito sem precedentes imposto à comunidade dessa pequena cidade mineira.


Antenas de telefonia descaracterizam paisagem em Dom Joaquim-MG

A Comissão de Cultura da Assembleia Legislativa de Minas Gerais realizou no dia 30 de junho uma visita ao município de Dom Joaquim/MG, a pedido do deputado Carlin Moura (PCdoB/MG). O motivo da visita foi buscar formas de solucionar um  problema que se estabeleceu na cidade e tem deixado os moradores indignados. O problema diz respeito à alteração da paisagem no município provocada pelas companhias de telefonia celular.

A questão é que existe uma capela antiga em Dom Joaquim, a Capela do Padre Bento, chamada de Igrejinha de São Domingos do Rio do Peixe, que é um marco histórico da cidade e foi construída há muitas décadas. Porém, a Igrejinha que é também um atrativo turístico, está sendo completamente descaracterizada pelas antenas de telefonia.

A Claro Celulares e a Telemar instalaram, cada uma, uma antena ao lado da Igrejinha. São, então, duas antenas de telefonia imensas descaracterizando a paisagem natural do local. Segundo Domingos Xavier, morador da cidade indignado com a situação, existe na cidade um morro, ainda mais alto que o morro da Igrejinha, para onde poderiam ser levadas as antenas. De acordo com Sr. Domingos, a prefeitura já se dispôs a fazer a transferência com recursos próprios.

Carlin Moura se sensibilizou com a situação e fez requerimento para a Comissão de Cultura, em fevereiro desse ano. Aprovada,  a visita foi feita para buscar alternativas de solução para tal impasse.

Da Redação,
Sheila Cristina
www.vermelho.org.br

segunda-feira, 12 de julho de 2010

Conheça meu novo blog: Mulher Eterna, com Déborah Rajão





Hoje quero anunciar aqui que criei mais um blog, que se chama  Mulher Eterna, com Déborah Rajão.  

Este novo blog é voltado para o universo feminino . Através dele pretendo  falar sobre mulheres, com mulheres e para mulheres, com o objetivo de valorizar e revelar as multi e eficientes facetas do sexo feminino no século XXI.

O Mulher Eterna, com Déborah Rajão  vai me permitir dialogar com as mulheres e também com os homens que possuem alma feminina e amam as mulheres.

No blog Mulher Eterna, com Déborah Rajão pretendo escrever sobre e para as mulheres além de mostrar um pouco do que elas realizam, empreendem e constroem.

Você também poderá conferir nesse novo blog  textos, reportagens e estudos publicados em outros sites sobre assuntos interessantes e úteis referentes ao universo feminino e também dicas de discos, livros, filmes, sites, produtos...

Também continuarei firme com o  www.blogdadeborahrajao.blogspot.com, que é um blog de variedades, jornalístico, focado na informação e que leva à reflexão. Tenho muito orgulho do www.blogdadeborahrajao.blogspot.com, que em seu primeiro ano de existência  já recebeu mais de 40 mil acessos. É muito bom saber que tantas pessoas já leram meus textos e compartilharam minhas idéias! Fico muito feliz por isso.

E agora estamos lançando mais este  blog, que é o http://mulhereterna.blogspot.com ,  que espero, venha trazer coisas positivas e úteis para todos vocês, leitoras e leitores queridos.

Conto com a sua visita aos meus dois blogs, que para mim, são como dois filhos. Seja sempre muito bem vindo e muito bem vinda!  

Gostaria ainda de convidar você para se tornar  um seguidor também do meu novo blog Mulher Eterna.

Um beijo carinhoso a você, querido leitor e querida leitora.





domingo, 11 de julho de 2010

Veja os bastidores do Prosa de Mulher deste domingo




Hoje você vai conferir aqui os bastidores do programa Prosa de Mulher, que foi ao ar neste domingo, dia 11 de julho de 2010.

O Prosa de Mulher, apresentado por mim, completou um ano no ar e já contou com a participação de mais de 200 mulheres convidadas desde sua estréia no dia 27 de maio de 2009.

O programa vai ao ar sempre aos domingos, de 12 às 14 horas, pela Rádio Inconfidência AM880 e também pode ser ouvido pelo www.inconfidencia.com.br.

Neste domingo, recebemos as seguintes convidadas:


MYRIAM VILAS BOAS

Fotógrafa e funcionária do TRT-MG.

Formada em Direito. Atualmente cursa Pós Graduação em Comunicação Social -Processos Criativos em Palavra e Imagem.

Começou a fotografar em 2003. É apaixonada por toda forma de expressão afro-brasileira.

Em sua formação participou de cursos ministrados pela fotógrafa Mary Ellen Mark, pelo Internacional Center of Photography - ICP, New York, pelos fotógrafos brasileiros Walter Firmo pela Escola de Imagem, Luiz Braga, Rui César, Wilson Avelar, Leandro Nunes e Elcio Paraíso.

Premiada em 2009, no Concurso Leica/Fotografe Melhor, na categoria Preto e Branco e no Primeiro Salão Nacional de Fotografia de Araraquara/SP.

Leva na bagagem exposições no Rio de Janeiro, São Paulo, Salvador e Brasília e a experiência em fotografar para capas de CD’s, em peças artísticas que estamparam o trabalho de músicos como Sérgio Santos, Dori Caymmi, Joyce, Banda Mantiqueira, Titi Walter, Celine Rudolph, Paulo Belinatti e Weber Lopes.

Atualmente está com uma exposição no prédio anexo da Biblioteca Pública Estadual Luiz de Bessa - Professor Francisco Iglésias - Passarela Cultural, na Rua da Bahia, 1889 - 2º piso Funcionários. É a mostra “Azul/Crença”, com imagens da Festa do Reinado de Nossa Senhora do
Rosário, realizada no Município de Oliveira, Minas Gerais.

Nasceu em Caxambu-MG.

É casada com o músico e compositor Sérgio Santos e mãe de Thiago de 17 anos.



ANA MÁRCIA NEVES MARINS PONTES

Administradora, professora de dança de salão e terapeuta holística.

É formada em Comunicação Social, Comércio Exterior e Administração. Já trabalhou com quase tudo... Adminstra as iImobiliárias, herdadas de seu falecido pai.

Para satisfazer seu lado artístico bastante forte, atua como professora de dança de salão.

Adora tocar piano, cantar e pintar.

Faz ainda o estudo de teorias holísticas. E através do Reiki, Feng Shui e principalmente da Numerologia, busca uma melhor compreensão de si edas pessoas.

Tem 44 anos, é casada, tem três filhos e um netinho.



TATIANA CAMPOS ROCHA

Fisioterapeuta e proprietária do Espaço Equilíbrio.

É pós-graduada em Fisioterapia Cardiorrespiratória e possui 14 anos de experiência em drenagem linfática.

Atua em domicílio e no Espaço Equilíbrio, com atendimento que inclui: drenagem linfática manual, reabilitação vascular e vascular periférica, pré e pós-operatório (geral e plástica), alongamento terapêutico (técnicas de solo), reabilitação cardiorrespiratória e reabilitação geriátrica, atm e fisioterapia dermato-funcional.

É natural de Quirinópolis, Goiás.

Tem 38 anos, é casada e tem um filho, o Augusto.



SANDRA DE FÁTIMA PEREIRA TOSTA

Professora doutora em Comunicação Social.
Graduada em Comunicação Social (Jornalismo e Relações Públicas), Mestre em Educação e doutora em Antropologia Social, é professora e pesquisadora da PUC-Minas, desde 1979, onde trabalha no Programa de pós- graduação em Educação e na Faculdade de Comunicação e Artes.

Vivenciou também grandes experiências no mercado da mídia em BH, especialmente, como redatora e repórter da Rádio Inconfidência, Onda Verde, nos anos de 1980.

É autora, co-autora e organizadora de inúmeros livros e artigos, nos quais vem publicando resultados de pesquisas e de reflexões em torno da Cultura, da mídia e da escola.

Seu livro mais recente é "Do Meb à Web: O rádio na educação".

Nasceu em Montes Claros, norte de Minas. Veio para Belo Horizonte para cursar a universidade.

É divorciada e tem dois filhos maravilhosos: Thiago e Filipe e uma neta, Maria Clara, que ilumina a vida de todos.


Quero agradecer todas as mulheres que participaram do programa. Foi muito bom tê-las comigo no Prosa de Mulher!

Veja agora as fotos das nossas convidadas:



Ana Márcia Neves Marins Pontes


Sandra de Fátima Pereira Tosta


Myriam Vilas Boas


Tatiana Campos Rocha