sábado, 31 de janeiro de 2009

EU USO ÓCULOS! MAS...SÓ DE SOL!


No dia 26 de outubro de 2008 rejuvenesci 20 anos ou mais.

Você vai pensar que fiz algum tipo de plástica. Mas, não é nada disso. Não sou muito adepta a cirurgias plásticas e pretendo cultivar com muito amor e carinho cada ruguinha que, delicadamente, surgir em meu rosto com o passar dos anos. Afinal, as rugas são as marcas que o tempo e as experiências esculpem cuidadosamente em nossa face e uma prova de que o tempo passou e, entretanto, resistimos a ele e continuamos na luta.

Não que eu seja contra as cirurgias plásticas. Pelo contrário, admiro e respeito quem tem a coragem de fazê-las.

Mas, se não foi uma plástica, o que pode ter-me feito rejuvenescer 20 anos ou mais em apenas um único dia? Ou melhor, em dois minutos? Qual será esse milagre?

Vou revelar o meu segredo!!! Tcham,.. tcham... tcham.....

É que nessa data, eu fiz, sim uma cirurgia... Mas, não uma plástica!

Fui submetida a uma cirurgia a laser nos dois olhos e reconquistei a qualidade da visão que há muito havia perdido. Em apenas 2 minutos, pasmem! Em apenas 2 minutos de laser sobre os meus dois olhos, eu zerei todos os graus que me tornaram uma dependente de óculos por anos a fio.

Fui operada pelo competente oftalmologista mineiro, dr. Etelvino Teixeira Coelho, que exerce a profissão há 35 anos e a quem considero um mago da visão.

Quando terminou a cirurgia- cujo procedimento completo não durou mais que dez minutos dentro do ambulatório- Dr. Etelvino me mostrou o relógio dele e pediu-me para ler as horas. Olhei para o relógio e vi, maravilhada, os pequenos ponteiros e falei: nossa! Consigo ver perfeitamente! Dr Etelvino disse-me, então: Isto, Déborah, significa a cura da vista cansada!

Além da presbiopia, também fiquei curada da minha hipermetropia, que chegava a 5 graus e que foi o que possibilitou a cobertura completa da cirurgia pelo meu plano de saúde. Quem tem o grau elevado de hipermetropia tem direito a fazer a cirurgia totalmente paga pelo plano de saúde. Muitas pessoas desconhecem essa resolução da Agencia Nacional de Saúde- ANS, que regulamenta a atuação dos planos de saúde.
Outros pequenos problemas como escotomas e um pouquinho de astigmatismo também foram corrigidos.

Hoje, meu grau é zero. Consigo ler a menor letra que existe no mundo. Enxergo de perto, de longe e o melhor de tudo, sem precisar de usar óculos.
Estou realmente feliz e me sentindo cada vez mais uma criança, pois sem dúvida, o mundo ficou ainda mais bonito e leve para mim.

Por isso, aconselho a quem sofre problemas de visão, que procure um médico especialista e competente no assunto. Vale a pena até mesmo investigar quais são as suas possibilidades de cura. Tenho certeza que você não vai se arrepender.
Se você também quiser o endereço e o telefone do médico que me operou, pode mandar um comentário e deixar um email que eu lhe respondo.

E tem um detalhe: Dr. Etelvino me garantiu que qualquer pessoa que eu indicar pode ir até ele que ganhará uma avaliação gratuita. Portanto, é só dizer que é ouvinte ou leitor da Déborah Rajão .

É isso aí. Uma boa sorte para você.

sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

Chuvas fortes voltam a atingir o país neste final de semana


Depois de uma pequena trégua,a chuva voltar a cair forte sobre vários estados brasileiros, neste final de semana.

Um alerta meteorológico foi emitido pela Secretaria Nacional de Defesa Civil, pois a previsão é de que tempestades atinjam 19 estados brasileiros e também o Distrito Federal, entre esta sexta e o próximo domingo.

Veja a reportagem da Folha de São Paulo sobre o assunto:

A Sedec (Secretaria Nacional de Defesa Civil), do Ministério da Integração Nacional, emitiu um alerta de chuva forte às defesas civis de 19 Estados e do Distrito Federal. O alerta é válido para esta sexta-feira, sábado (31) e domingo (1º).

Entre hoje e domingo, áreas de instabilidade provocam pancadas de chuva no norte e nordeste do Estado de São Paulo. As chuvas também atingem grande parte do Rio e as regiões do Triângulo Mineiro, da Zona da Mata, além do sul e centro de Minas.

Já entre esta sexta e este sábado, áreas de instabilidade tropicais formam nuvens carregadas e profundas que provocam pancadas de chuva em Pernambuco e na Paraíba.

Áreas de instabilidade também provocam pancadas de chuva entre hoje e domingo em Goiás, Ceará, Tocantins, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Amazonas, Rondônia, Amapá, Acre, Maranhão, Piauí, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul e Distrito Federal.

Nesses Estados, os temporais também podem vir acompanhados de rajadas de vento forte e descargas elétricas.

A Sedec recomenda que a população evite áreas de alagamento, assim como encostas, morros e barreiras, onde os riscos de deslizamento aumentam em decorrência das chuvas. O órgão alerta ainda para que as pessoas não trafeguem por áreas que não ofereçam proteção contra raios.

Os alertas preventivos tem como base informações do Cptec (Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos) e do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia).

quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

Conheça o "Normalizadores"

Hoje quero apresentar a você, leitor, uma pessoa que considero um expert em normas da ABNT-Associação Brasileira das Normas Técnicas.

Ele também é tradutor e revisor. Falo do Sr João Bosco Miquelão, mediador do blog http//normalizadores.zip.net.

Pedi ao Sr. João Bosco, a quem muito admiro e prezo pela competência e caráter impecável, que fizesse uma matéria sobre o Normalizadores, para explicar a importância das normas técnicas e falar sobre o objetivo do blog.

Trata-se de um assunto técnico, de grande relevância, como vocês poderão comprovar, lendo o texto abaixo, escrito por João Bosco Miquelão.

Blog do grupo Normalizadores (http://normalizadores.zip.net/)


O blog nasceu em junho de 2004 da iniciativa de uma turma que participou de um curso de especialização da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), na cidade de São Paulo. Esse grupo, denominado Normalizadores, é composto de 14 pessoas de várias regiões do país, sendo onze alunos do mencionado curso (a maioria professores universitários), a professora que ministrou o curso e dois participantes convidados.

O principal objetivo do blog, que não tem finalidades lucrativas, é discutir assuntos pertinentes à normalização de trabalhos acadêmicos e outros temas relativos à Metodologia Científica. Vez por outra o blog também atua como uma oficina de palavras e discute soluções para a segurança de dados armazenados em memória de computador.

No Brasil, a organização responsável pela promoção e elaboração de documentos normativos é a ABNT, que há quase sete décadas se faz presente sempre que o assunto é normalização.

As normas da ABNT não são compulsórias, mas, sem dúvida alguma contribuem para a melhoria da qualidade das publicações – os trabalhos acadêmicos são publicações científicas - o que beneficia toda a sociedade.

Por que usar as normas da ABNT na elaboração de trabalhos acadêmicos e artigos científicos mesmo em se tratando de uma simples convenção?

Para simplificação da resposta, considere-se apenas o fato de que uma convenção, sendo decorrente de uma aceitação tácita como modo de proceder, quase sempre busca a harmonia e outros objetivos estéticos.

A vida de cada um de nós está repleta de convenções que adotamos no dia-a-dia. Um bom exemplo é o de uma cerimônia de casamento que requer, por convenção, trajes apropriados. Comparecer a um casamento vestido de bermuda e calçando chinelos pode ser considerado um caso de ofensa aos noivos.

Por melhor que se apresente quanto aos aspectos técnicos, uma publicação científica não é bem vista se contiver erros de linguagem ou desrespeitar alguma norma geralmente aceita pela comunidade científica.

A concisão da linguagem culta e a apresentação conforme as normas da ABNT são requisitos indispensáveis ao aspecto formal de um bom trabalho, quer seja uma monografia de graduação, dissertação de mestrado, tese de doutorado ou artigo.

Os integrantes do grupo, especialistas de vários setores, procuram participar das consultas públicas realizadas pela ABNT quando ocorrem estudos para alteração de normas da área de informação e documentação.

Esses profissionais já esclareceram milhares de dúvidas apresentadas por estudantes e professores de todos os estados da federação, assim como de Portugal e até de alguns países africanos de língua portuguesa.

O blog deverá registrar a oito milésima (8.000ª) visita no próximo mês.


Moderador João Bosco Miquelão- Tradutor e Revisor.


Visite você também este blog: http://normalizadores.zip.net/

Receita do Ouvinte: Souflê de Repolho

Hoje fiz para o almoço um delicioso souflê de repolho, cuja receita me foi enviada por uma ouvinte do Revista da Tarde, a Vanessa, moradora do Bairro Salgado Filho, em BH. Segundo ela, trata-se de uma das receitas de família, que ela gentilmente nos mandou, para dividir com todos os nossos ouvintes.

Eu já havia comentado neste blog, que criei no Revista da Tarde, o quadro Receita do Ouvinte, no qual divulgo, todos os dias, uma receita enviada por um desses nossos amigos e colaboradores, que sempre nos acompanham na Rádio Inconfidência AM880.

Esse souflê de repolho é gostoso, prático e fácil de fazer. E além do mais, uma bela alternativa para o uso do repolho na culinária.

E como não poderia deixar de ser, apresento, também, a você, esta receita imperdível:

Souflê de Repolho
By Vanessa do Salgado Filho

Ingredientes:
1 prato fundo de repolho cru e picadinho
4 colheres de sopa de farinha de trigo
1 colher de sopa de fermento em pó
4 ovos
1 copo de leite
1/2 copo de óleo
sal a gosto
50 gramas de queijo ralado
1 colher de manteiga
orégano
Modo de fazer:
Pique o repolho e reserve.
Reserve também o molho de tomate e o orégano.
Bata todos os demais ingredientes no liquidificador.
Acrescente o repolho a essa mistura e coloque sobre a forma untada.
Coloque sobre essa massa o molho de tomate e salpique orégano.
Leve para assar em forno pré-aquecido por cerca de 40 minutos.

Bom apetite!

quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

Leia o soneto da Vovó Juracy

Eu amo poesia. Acho a poesia uma forma de expressão de extrema delicadeza. Até mesmo quando fere, ironiza, contesta ou revela sofrimento e dor. Ela possui rítmo, cadência e, acima de tudo, sentimento. Acho difícil alguém escrever uma poesia sem sentir a emoção das palavras colocadas sobre o papel ou mesmo em uma tela de computador.

Vou confessar que a poesia me encanta de tal forma que às vezes me arrisco a escrever versos. E o mais inexplicável é que nesses momentos de inspiração, os versos costumam saltar de meus pensamentos de forma irrefreável, diretamente para a tela do computador ou mesmo para um simples pedaço de papel. Parece mágica a inspiração e, muitas vezes, incontrolável. E quando assustamos, o milagre se concretiza através de palavras seguidas que insistem em revelar nossas emoções mais íntimas. E assim surge a poesia. Pelo menos a minha poesia surge assim. De forma impulsiva. E como já dizia a cultura popular, de poeta, médico e louco, todos temos um pouco.

Também admiro as pessoas que têm coragem de assumir que escrevem poesias e que nem sempre se consideram poetas. É que sinto que de todas as formas literárias, a poesia, injustamente, é a menos valorizada. Talvez por ser a mais reveladora dos sentimentos e emoções humanos.

E por falar em poesia, nesta semana, recebi uma nova carta da Vovó Juracy, ouvinte assídua do programa Revista da Tarde, moradora de Lagoa Santa- MG, onde ela agradecia-me por ter lido os versinhos dela no ar. Os mesmos versinhos que postei neste blog, no dia 02 de janeiro de 2009, sob o título “Leia os versinhos da vovó Juracy”. Versos lindos, compostos de grande sensibilidade, assim como me parece ser essa delicada senhora.

Ela também disse-me nessa carta, que juntamente com os familiares, visitou este blog e que todos acharam “um barato” ver os versinhos dela postados aqui.

E é com grande prazer que compartilho novamente, com você, esta outra linda poesia que a vovó Juracy me enviou. Trata-se de um soneto, escrito por ela em 1947, quando tinha apenas 13 anos de idade.

Soneto ao amor que veio
Juracy Lopes Gonçalves

Este calor,este tormento, este frio
Que me toma e transfigura
Que me transborda de ventura
E ao mesmo tempo de vazio

Esta crença, esta agonia, este mal
Assim tão cheio de amargura
Este enlevo, este anseio que tortura
Que sonha e repele um ideal

Eu sei que é amor que veio e insiste
Nesta vontade enorme e triste
De ter paz, carinho e bem-estar

Amor que não é sonho, nem ilusão
Que ilumina e acelera o coração
Que me faz rir, se eu não estivesse a chorar
=====================


Obrigada, mais uma vez, vovó Juracy, pelo seu carinho e por compartilhar, tão generosamente, suas emoções e inspirações com todos nós. Um beijo carinhoso.

terça-feira, 27 de janeiro de 2009

Mais fotos de uma viagem ao paraíso.

Hoje vou mostrar a você mais fotografias que tirei na viagem que realizei na última semana ao lugarejo instalado no alto de uma linda serra perdida entre tantas outras aqui em Minas Gerais. Viaje comigo mais uma vez a este paraíso.







Aprecie mais este encontro com a natureza:





Fórum Social em Belém discute a preservação da Amazônia

Começou hoje em Belém, no Pará, e vai até o dia primeiro de fevereiro, o Fórum Social Mundial 2009, que deve reunir cerca de cem mil pessoas, representantes de movimentos, entidades e organizações sociais de vários países.

Mas o que é o Fórum Social Mundial?

O Fórum Social Mundial é um espaço aberto de encontro – plural, diversificado, não-governamental e não-partidário –, que estimula de forma descentralizada o debate, a reflexão, a formulação de propostas, a troca de experiências e a articulação entre organizações e movimentos engajados em ações concretas, do nível local ao internacional, pela construção de um outro mundo, mais solidário, democrático e justo.

Quais são os objetivos do Fórum Social Mundial?

Os objetivos foram definidos após a realização de uma ampla consulta pública às diversas organizações e entidades participantes do processo FSM.

1-Pela construção de um mundo de paz, justiça, ética e respeito pelas espiritualidades diversas, livre de armas, especialmente as nucleares;

2-Pela libertação do mundo do domínio do capital, das multinacionais, da dominação imperialista patriarcal, colonial e neo-colonial e de sistemas desiguais de comércio, com cancelamento da dívida dos países empobrecidos;

3-Pelo acesso universal e sustentável aos bens comuns da humanidade e da natureza, pela preservação de nosso planeta e seus recursos, especialmente da água, das florestas e fontes renováveis de energia;

4-Pela democratização e descolonização do conhecimento, da cultura e da comunicação, pela criação de um sistema compartilhado de conhecimento e saberes, com o desmantelamento dos Direitos de Propriedade Intelectual;

5-Pela dignidade, diversidade, garantia da igualdade de gênero, raça, etnia, geração, orientação sexual e eliminação de todas as formas de discriminação e castas (discriminação baseada na descendência);

6-Pela garantia (ao longo da vida de todas as pessoas) dos direitos econômicos, sociais, humanos, culturais e ambientais, especialmente os direitos à alimentação (com garantia de segurança e soberania alimentar), saúde, educação, habitação, emprego, trabalho digno e comunicação;

7-Pela construção de uma ordem mundial baseada na soberania, na autodeterminação e nos direitos dos povos, inclusive das minorias e dos migrantes;

8-Pela construção de uma economia democratizada, emancipatória, sustentável e solidária, com comércio ético e justo, centrada em todos os povos;

9-Pela construção e ampliação de estruturas e instituições políticas e econômicas (locais, nacionais e globais) realmente democráticas, com a participação da população nas decisões e controle dos assuntos e recursos públicos.

10-Pela defesa da natureza (Amazônia e outros ecossistemas) como fonte de vida para o Planeta Terra e aos povos originários do mundo (indígenas, afro-descendentes, tribais, ribeirinhos) que exigem seus territórios, línguas, culturas, identidades, justiça ambiental, espiritualidade e bom viver.(fonte:www.fsf2009.amazonia.org.br)

E se você quiser saber mais sobre o Fórum Social Mundial 2009, pode acessar o site oficial do evento, que é o www.fsm2009.amazonia.org.br ou então acompanhar o programa Revista da Tarde, na Rádio Inconfidência AM 880, pelas ondas curtas de 49metros 6010 KLZ ou pela internet no www.inconfidencia.com.br, de 12:30 às 14 horas.

É que durante o evento, vamos entrevistar todos os dias, um dos representantes dos movimentos sociais aqui de Minas Gerais, Frei Gilvander, que está em Belém, participando do Fórum. Frei Gilvander também apresenta, todos os dias, na Rádio Inconfidência AM880, às 6 horas da tarde, a Ave Maria e é um dos grandes nomes da luta por justiça social e pela preservação ambiental aqui de Minas Gerais.

segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

Uma serra...um paraíso!

Depois de uma semana de descanso em um lugarejo bucólico, localizado no alto de uma serra exuberante, no município de Itabira-MG, estamos de volta à cidade grande e à realidade que a vida urbana nos impôe.

Com as energias recarregadas, mente e pulmão despoluídos, estamos prontos para mais um período de atividades.

Mas, considero voltar para casa, retomar o trabalho e a rotina diária, prazeroso também. Já estava, inclusive, com saudades do meu blog e dos meus leitores, assim como dos meus ouvintes do Revista da Tarde.

Para mim, reencontrar as pessoas e as coisas que amamos é tão prazeroso quanto as descobertas que vivenciamos quando viajamos. Adoro passear, conhecer lugares novos, pessoas diferentes, respirar novos ares. Mas também amo voltar para minha casa, reencontrar meus objetos, deitar em minha cama, curtir os mínimos detalhes da liberdade que só desfrutamos, realmente, debaixo de nosso teto.

E agora, cá estamos. E como não poderia deixar de ser, gostaria de compartilhar com você, leitor deste blog, algumas fotografias que tirei ao longo desta agradável e inesquecível viagem.

Espero que, assim como eu, você também curta este paraíso, onde, a todo momento, temos a possibilidade de encontrar Deus.





segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

Até a próxima segunda-feira.

Uma das coisas mais gratificantes na profissão de radialista é a resposta que temos do nosso trabalho. Ouvintes que ligam e agradecem pelo abraço que mandamos para ele no ar, por uma prestação de serviço ou mesmo por uma simples informação.

Nessa semana que passou, conversei com uma ouvinte ao telefone e ela me emocionou ao dizer que não havia estudado e que tudo que ela sabia e havia aprendido na vida, devia-se aos programas que ela acompanhava todos os dias, durante o dia todo, na Rádio Inconfidência AM880.

Fiquei realmente tocada pelas palavras da dona Antônia, ouvinte do bairro Alípio de Melo, que fica na região noroeste de Belo Horizonte, pela simplicidade e pela forma sincera e carinhosa com que ela me agradecia pelo trabalho que eu realizava. E eu disse a ela, que eu é que tinha que agradecê-la pela audiência, pois o ouvinte é a razão do nosso trabalho. Realmente, chega a ser impressionante o carinho que recebemos dessas pessoas que nunca vimos, que não temos a menor idéia de como são, o que fazem, como vivem e o que sonham.

Por outro lado, essas pessoas também nunca nos viram e entretanto, nos admiram e gostam da gente como se fôssemos íntimos, um membro da família e fizéssemos parte da vida delas. E na verdade, nós somos apenas uma voz que rapidamente se perde no espaço.

Recentemente, recebi de presente de uma outra ouvinte, a Luisa, do bairro Fernão Dias, em BH, uma toalha de banquete toda em richelieu e uma rosa vermelha com o cabinho cuidadosamente envolvido em papel alumínio. O presente veio acompanhado ainda de uma cartinha na qual ela me agradecia pelo meu jeito de tratar os ouvintes e citava a seguinte frase de Mahatma Gandhi: “As criaturas que habitam esta terra em que vivemos, sejam elas seres humanos ou animais, estão aqui para contribuir, cada uma, com sua maneira peculiar para a beleza e prosperidade do Mundo”. E ela completou: “Assim é você, Deborah, com seu programa Revista da Tarde.”

São manifestações desse tipo que nos fazem refletir sobre a importância e responsabilidade do trabalho que realizamos e nos impulsiona para, cada vez mais, querer fazê-lo ainda melhor. Como já dizia Saint-Exupéry, em o Pequeno Príncipe: “ Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas".

Esse carinho que os ouvintes nos dedicam, sem pedir nada em troca, de forma pura e despretensiosa, também nos ajuda a refletir sobre o nosso papel neste mundo, se estamos ou não no caminho certo e se estamos realmente ajudando a construir um mundo melhor e mais justo para todos.

A partir de hoje estarei de férias no meu trabalho. Serão apenas cinco dias que ficarei fora do ar. Uma pequena pausa para recarregar as energias. Neste tempo, irei me recolher em um lugarejo que fica no alto de uma das inúmeras serras aqui de nossas Gerais.

Por conta dessa pausa para descanso, serei obrigada a ficar longe também deste blog e só voltarei a atualizá-lo na próxima segunda-feira. É que neste lugarejo para onde vou, não tem internet.

E quero lhe confessar uma coisa: vou sentir saudades tanto do meu programa no rádio, como deste blog, no qual já me acostumei a escrever todos os dias. Chega a ser impressionante o sentimento que me une a este espaço virtual. A cada dia cresce o carinho que sinto por este blog. Cuido dele como se fosse de um filho.

Sei que sentirei saudades também de você, leitor, assim como sinto dos meus ouvintes do Revista da Tarde. Mas espero reencontrá-los na próxima segunda-feira, já com as baterias recarregadas e com muitas novidades para contar. Um beijo a todos e até lá.

sábado, 17 de janeiro de 2009

Uma lua...Uma lembrança...Uma saudade!

Hoje estou me sentindo um pouco triste. É que meu irmão, amigo, companheiro, sempre muito presente em minha vida, está de volta aos Estados Unidos, onde mora há alguns anos. Ele embarca na tarde de hoje, saindo do aeroporto de Confins. E lá estarei para me despedir dele.

Acho as despedidas sempre muito tristes. A última e que mais marcou a minha vida e me fez chorar todas as lágrimas possíveis de existir em meu corpo foi também no aeroporto de Confins, em maio de 2008, quando minha filha mais velha rompeu de vez o cordão umbilical e também embarcou para os Estados Unidos, onde se encontra até hoje.

Despedidas são sempre tristes. Mas também nos fazem refletir sobre a importância que as pessoas têm em nossa vida e o amor que sentimos por elas. São nesses momentos que colocamos à prova nossa sensibilidade e fazemos brotar emoções muitas vezes reprimidas e dizemos palavras muitas vezes caladas pela nossa falta de coragem em pronunciá-las.

Na última segunda-feira, tive o prazer de receber meu irmão Ricardo em minha casa, onde compartilhamos momentos agradáveis e uma linda lua que nascia em frente à minha janela.

E é este momento de encontro, que pretendo guardar em minha lembrança, até que ele venha nos visitar novamente, no próximo ano.

A você, Dedé, nossa saudade. E que esta linda lua que curtimos e fotografamos juntos, continue iluminando seu caminho. E não se esqueça que amamos você!

sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

A pergunta que não quer calar: existe ou não vida em Marte?

O esotéricos garantem que sim. Os céticos dizem que não. Mas, será que existe ou não existe vida em Marte?

Há pouco tempo assisti a uma reportagem na TV Alterosa, na qual um senhor de 86 anos, residente em Governador Valadares-MG(Brasil), revelava a história de uma abdução que ele teria sofrido há 10 anos.

Ele conta que ia para casa, caminhando pelo pico do Ibituruna, famoso ponto turístico de Valadares e palco de vários campeonatos internacionais de asa delta, quando deparou-se com uma nave espacial pousada em um matagal ao lado da estrada. Segundo ele, dois seres, de cerca de 2 metros de altura, saíram da nave e, de cima de uma escada que não tocava o chão, fizeram-lhe um sinal para que se aproximasse deles.

Ele descreve que a nave era bonita e luxuosa e que o teria levado até Marte. Lá, ele teria sido colocado nu sobre uma mesa, onde fora submetido a exames pelos supostos marcianos.

O mais curioso dessa história é que esse senhor, que estava indo para casa no alto do pico do Ibituruna, em Valadares, no Vale do Rio Doce, teria ficado desaparecido por vários dias sem que ninguém soubesse onde ele estava. E só reapareceu dias depois, quando foi encontrado perdido no meio do mato, em Montes Claros, cidade distante mais de 700 km do local onde fora abduzido. Ele teria sido encontrado por moradores da região, que chamaram a polícia. Os policiais, inclusive, chegaram a fazer um retrato falado dos supostos habitantes de Marte.

Agora, se essa história, contada por esse mineiro é ou não verdadeira, somente o tempo e o avanço das pesquisas poderão dizer.

Mas, será mesmo que ainda estamos tão distantes assim de desvendar esse mistério?
Talvez, nem tão longe assim, como mostra esta reportagem divulgada nesta sexta-feira, pela Agência Reuters:

Telescópios do Havaí detectam metano na atmosfera de Marte
da Reuters


Uma série de observações da atmosfera de Marte, feitas por três telescópios no Havaí, mostram uma vasta quantidade de metano- gás tipicamente envolvido em processos biológicos- misturado com vapor-d'água durante o verão boreal.

A Nasa afirma que não há evidência de que seres vivos estejam produzindo o metano (também produto de atividade vulcânica), mas diz que a mistura de gases é a notícia mais favorável à existência de vida no planeta vermelho até agora.

A descoberta está descrita na edição de hoje da revista "Science" e os pesquisadores concederam uma entrevista coletiva para divulgar a notícia.

"A questão que mais chama a atenção está relacionada mesmo à origem do metano em Marte", afirma Michael Mumma, da Nasa (agência espacial norte-americana).

Segundo o cientista, o gás, que é a molécula mais simples de carbono com hidrogênio, foi produzido por fontes existentes em áreas aquecidas no hemisfério norte marciano.

"Organismos vivos produzem mais de 90% do metano atmosférico da Terra; o resto é de origem geoquímica. Em Marte, o metano poderia ter a assinatura dessas duas origens."

A atmosfera marciana é feita em sua maior parte de gás carbônico, monóxido de carbono, um pouco de oxigênio e vapor-d'água. Mas, nenhum processo conhecido produz metano, e outros compostos na superfície poderiam desintegrá-lo. "A presença significativa de metano implica a liberação recente a partir de reservas subterrâneas", afirmam os cientistas. Mas, segundo eles, a fonte primária do gás é incerta. Ela pode ser ligada à vida ou não.


--------------------------------------------------------------------------------

Fique atento! Disfunção erétil tem tratamento!

A disfunção erétil já foi tema de várias entrevistas que realizei no quadro Saúde em Dia, que vai ao ar sempre ás quartas-feiras, às 12:45h, no Programa Revista da Tarde, na Rádio Inconfidência AM 880 e Ondas Curtas de 49 metros, 6010 KLZ ou ainda pela internet no www.inconfidencia.com.br( clicar no link da AM)

A disfunção erétil, popularmente chamada de impotência sexual masculina, atinge 10% dos homens entre 40 e 70 anos e apenas 30% procuram ajuda médica. Ela é a doença mais comum do sexo masculino e a menos tratada do mundo.

Todos os profissionais que entrevistei até hoje, foram unânimes ao afirmar que a grande maioria dos homens morre de medo de fazer uma visita ao urologista. O que mais os amedronta é o exame de prevenção ao câncer de próstata, o temido toque retal , exame que não dura nem 30 segundos mas que apavora os marmanjos. A maioria dos homens corre desse exame, seja por machismo ou preconceito puro e simples.

Os médicos também são unânimes em afirmar que hoje existe solução para qualquer tipo de disfunção erétil e só não se trata quem realmente não quer.

Resolvi , então , postar esta matéria sobre uma pesquisa realizada recentemente e divulgada nessa terça-feira, pelo site do Yahoo, que mostra, justamente, o desconhecimento masculino sobre o problema e uma certa vergonha de buscar ajuda.
Leia, portanto, com atenção, esta matéria.

Homens desconhecem as causas da disfunção erétil
Problema pode estar relacionado com diabetes e hipertensão

As causas que envolvem a disfunção erétil ainda são um tabu para a maioria dos homens. Um recente estudo apresentado em Bruxelas (Bélgica) durante o Congresso das Sociedades Européia e Internacional de Medicina Sexual (ESSM/ISSM), mostra que 50% dos homens desconhecem as causas da disfunção erétil (DE). Entre os 174 entrevistados, 70% afirmaram que teriam procurado o médico mais rapidamente se soubessem que o problema pode estar ligado a doenças como diabetes, hipertensão e síndrome metabólica. A DE atinge mais de 150 milhões de homens em todo o mundo e, em 64% dos casos, está associada a doenças crônicas.

A pesquisa, denominada Restore the Man, reuniu dados de entrevistas realizadas com aproximadamente 174 pacientes com mais de 40 anos - todos eles homens com Disfunção Erétil (47%) ou DE mais alguma doença associada (53%) - e 45 urologistas de 9 países. Segundo os médicos entrevistados, somente 25% de seus pacientes chegam aos consultórios cientes de que a disfunção pode ser conseqüência de males crônicos. Entre os pacientes pesquisados, a maioria manifestou um desejo: encontrar uma causa para o problema e, assim, livrar-se do sentimento de culpa acarretado pela falha sexual.

De acordo com o urologista Helder Machado, chefe do Serviço de Urologia do Hospital Orêncio de Freitas, em Niterói (RJ), grande parte dos homens só procura o médico quando já não consegue mais manter ereções suficientes para a penetração. "A maioria sente vergonha da disfunção erétil e chega ao consultório estimulado pela parceira ou quando a relação conjugal está deteriorada", diz o especialista

Segundo o urologista, é importante que o homem se informe e esteja ciente sobre a ligação da DE com doenças crônicas como diabetes, hipertensão e obesidade. "A dificuldade de ereção é vista como um marcador para a síndrome metabólica e outros males que podem estar relacionados à queda dos níveis de testosterona", explica. "Portanto, é interessante que o paciente com problemas de ereção faça a checagem de testosterona também", completa o médico.

quinta-feira, 15 de janeiro de 2009

Traição feminina é associada a hormônio.

Nessa última segunda-feira, fiz uma entrevista no programa Revista da Tarde, na Rádio Inconfidência AM 880, sobre a traição. A entrevistada foi a médica endocrinologista e psicanalista, Dra. Soraya Hissa de Carvalho, que, de quinze em quinze dias, participa do nosso programa, no quadro Viver e Conviver.

E um dos assuntos tratados, durante a conversa, foi a traição feminina. Perguntei a ela por que as mulheres hoje traem mais, uma vez que a traição sempre foi mais comum entre as pessoas do sexo masculino. Dra. Soraya enfatizou que esse aumento da infidelidade feminina deve-se, principalmente, à disseminação da pílula anticoncepcional. A pílula teria libertado a sexualidade da mulher, sempre atrelada à concepção.

Mas, o que leva uma mulher a trair seu parceiro? Por que será que algumas mulheres têm mais coragem e não se intimidam nem um pouco em trair seu companheiro?

Um estudo realizado recentemente, na Universidade do Texas, pode ter a resposta para esta pergunta. É o que você vai ler, a seguir, nesta matéria divulgada, nesta quinta-feira, pela BBCBrasil.com.

Estudo liga infidelidade feminina a hormônio.

Mulheres com uma concentração mais elevada de um hormônio ligado à auto-estima que as faz se considerarem atraentes, têm mais chances de ter casos extraconjugais e trocar de parceiros com freqüência, segundo um estudo realizado nos Estados Unidos.

A pesquisa da Universidade do Texas, em Austin, relaciona o nível de auto-estima com a quantidade do hormônio estradiol . De acordo com o estudo, as mulheres com mais hormônio desse tipo, tendem a se achar mais bonitas e a serem consideradas mais atraentes por outras pessoas.

Os cientistas afirmam que essas mulheres têm a tendência a se sentirem menos satisfeitas com seus parceiros e menos comprometidas com eles, em um comportamento que os autores do estudo chamam de "monogamia oportunista em série".

Segundo eles, isso se deve a um "instinto" de buscar parceiros com mais qualidades.

Bons parceiros

Na natureza, é difícil conseguir um parceiro que seja ao mesmo tempo um bom provedor de estabilidade para a família e que tenha bons genes para procriar. Por isso, muitas mulheres alternam um relacionamento mais duradouro com aventuras com homens mais atraentes", explica a psicóloga Kristina Durante, a principal autora da pesquisa, publicada na revista Biology Letters, da Royal Society. Segundo ela, as mulheres mais bonitas demandam mais os dois tipos de recursos por parte do parceiro e procuram um padrão de qualidade que às vezes é difícil de conseguir.

A psicóloga afirma que é por isso que muitas mulheres não se sentem obrigadas a se comprometer com um determinado parceiro se aparecer outro com melhores “qualidades”..

O hormônio estradiol está ligado à fertilidade e à saúde reprodutiva da mulher. Estudos realizados no passado mostram que o estradiol alimenta o desejo de poder em mulheres solteiras. Segundo essas pesquisas, aquelas mulheres que não tomam pílulas anticoncepcionais estão ainda mais vulneráveis ao hormônio.

Duradouro
Para o estudo da Universidade do Texas, os pesquisadores analisaram os hormônios presentes na saliva de 52 universitárias com idades entre 17 e 30 anos, em dois estágios de seu ciclo menstrual.

As voluntárias também falaram sobre a história sexual delas e avaliaram a própria aparência. A seguir, elas receberam notas, no mesmo quesito, de outros jovens estudantes de ambos os sexos. As voluntárias com maior nível de estradiol tinham mais histórias de paqueras e de casos com outros homens além de seu parceiro fixo.

Mas, elas também se mostraram mais envolvidas em relacionamentos duradouros do que em romances passageiros ou "ficadas". Essas mulheres parecem adotar uma estratégia de 'monogamia serial', em que buscam sempre um parceiro melhor para a reprodução, explica a psicóloga. "Não é o sexo casual que as interessa."

quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

Um outro olhar sobre a cidade ( parte 2)

Continuando nosso passeio pelo centro de Belo Horizonte, fomos ao Mercado Central, nos deliciar e comer uma empada de carne com jiló, acompanhada de suco de limão natural.

Foi super gostoso passear por lá. E penso que meio mundo ama o Mercado Central, pois ele estava lotado nesse sábado. As pessoas se engalfinhavam nos apertados corredores para compartilhar uma cerveja gelada e os variados tira-gostos apreciados e elogiados por todos.

E você, já teve a oportunidade de reparar como ficou bacana o trabalho de recuperação da Praça Raul Soares e de toda a área do entorno do Mercado Central?

Se ainda não viu ou não observou, lançe agora um outro olhar sobre essa região que foi toda recuperada e que representa um dos maiores ícones da história da nossa capital mineira.





terça-feira, 13 de janeiro de 2009

Um outro olhar sobre a cidade.

Na postagem que fiz no último domingo, eu contei para você sobre a visita que fiz ao Museu de Artes e Ofícios, localizado na Praça Rui Barbosa, mais conhecida como praça da Estação, em Belo Horizonte. Contei que adorei a visita ao museu, que me encantei com tudo que ví.

Entretanto, ainda não havia comentado sobre a caminhada que fizemos pelas ruas centrais e que achei super agradável.O centro, por ser período de férias e final de semana, estava super tranquilo. Pudemos observar os prédios reformados,bem cuidados e outros em obra, as ruas relativamente limpas e curtimos a Praça da Estação,um lugar aprazível, bonito e fotogênico, como você pode ver a seguir:







E o nosso passeio não termina aqui... Amanhã eu conto mais e mostro novas fotos desse divertido sábado no centro de BH.

segunda-feira, 12 de janeiro de 2009

Noite mal dormida pode levar à morte.

Na última sexta-feira, fiz uma entrevista no programa Revista da Tarde com o médico Dirceu Valadares, especialista no tratamento dos distúrbios do sono. Ele participou do quadro Trânsito em Revista e explicou como uma noite mal dormida pode representar um grande perigo para os motoristas no trânsito e levar a acidentes muitas vezes fatais. Dr. Dirceu, que é diretor da Fundasono, clínica especializada em exames e tratamentos desses distúrbios, sediada em Belo Horizonte, garantiu que existe sim, tratamento para resolver os desagradáveis problemas do sono, como roncos e apnéias, entre outros.

E sobre este mesmo assunto, foi divulgada, nesse domingo, uma matéria no www.uai.com.br. A matéria fala o seguinte:

Uma pesquisa realizada pela Sociedade Brasileira do Sono mostrou que 43% dos brasileiros não têm um sono restaurador e apresentam sinais de cansaço no decorrer no dia. Os distúrbios do sono podem causar desde problemas à saúde, como de relacionamento, profissionais e acidentes graves.

A qualidade do sono é tão importante quanto a qualidade da alimentação. Quando o sono é restaurador acordamos com vitalidade, energia e motivação. Quando não dormirmos o necessário despertamos, ao longo de vários dias, cansados em demasia, irritados e com a capacidade produtiva reduzida”, explicou Jânio Savoldi, especialista da entidade.

O pneumologista e professor da Universidade de Brasília, Carlos Viegas, afirmou que os três principais problemas do sono são as insônias circunstanciais ou crônicas; os distúrbios como a apnéia (paradas respiratórias durante o sono), os roncos, que atingem grande parte da população, e os distúrbios neurológicos do sono, que são mais raros, e atingem apenas 1% da população.

Segundo o médico, o sono existe para que se possa restaurar do ponto de vista físico e psíquico. É preciso dormir um determinado número de horas, com qualidade, para se passar pelos vários estágios do sono.

“Quem sofre de distúrbio do sono poderá ter infarto, obesidade, diabetes, arritmia e hipertensão arterial. Não existe qualidade de vida sem qualidade do sono. Por isso, uma pessoa dorme um terço de sua vida, oito horas num período de 24 horas e aos 60 anos terá dormido 20 anos”, exemplificou Viegas.

O pneumologista destacou, ainda, que uma pessoa que passa várias noites com o sono fragmentado, terá perda de atenção. “Um dos problemas mais comuns entre profissionais, como motoristas e operadores de máquinas, são os acidentes. No Brasil não há dados estatísticos, mas nos Estados Unidos são mais de 25 mil acidentes por ano, causados pela falta de sono”, afirmou Viegas.

O Laboratório de Medicina do Sono, do Hospital Universitário de Brasília, é o pioneiro no país no atendimento pelo Sistema Único de Saúde (SUS). O Serviço só é prestado gratuitamente em mais duas outras capitais: Porto Alegre e São Paulo.

A psicóloga responsável pela área de psico-educação do Laboratório, Lisiane Bittencourt, indicou que se faça uma higiene do sono para se garantir uma noite tranqüila.

“Deve-se deitar e acordar no mesmo horário nos sete dias da semana, desligar todos os aparelhos que despertem a atenção, evitar a ingestão de alimentos com cafeína, como o café, refrigerantes com cola, chocolate, beber pouco líquido após às 19h e comer refeições leves,de preferência até três horas antes de deitar”, recomendou Lisiane.

domingo, 11 de janeiro de 2009

Uma viagem no tempo, ao mundo do trabalho.

Nesse sábado eu fiz uma viagem no tempo. Voltei ao século XVIII. Encontrei mascates; escravos transportando sinhazinhas, confortavelmente sentadas em liteiras; admirei o fogão a lenha mais bonito e quiçá mais antigo de nosso país e andei de charrete numa gostosa viagem ao passado. Uma volta a séculos atrás em apenas duas horas mágicas no Museu de Artes e Ofícios, localizado aqui, em Belo Horizonte. E me encantei com tudo que vi.

O Museu de Artes e Ofícios-MAO, instalado no majestoso prédio principal da Praça da Estação , no centro da capital mineira, conta a história e as relações sociais do trabalho no Brasil, através de milhares de peças raras e antigas, que bravamente resistiram à passagem do tempo. Peças de grande riqueza histórica e muito bem conservadas.

O MAO também usa a tecnologia para mostrar através de inúmeros vídeos as relações de trabalho mais recentes.

Além de enorme, o Museu é um lugar bonito, com temperatura agradável, bem cuidado, banheiros ótimos e super limpos. Um museu que fica pertinho de nós, e que, muitas vezes , demoramos anos ou nem mesmo , tomamos a iniciativa de conhecê-lo. E olhe que as visitas, aos sábados, são gratuitas!

Ao encerrar a viagem, ou melhor, ao sair do museu, escrevi no livro de visitas, que era um orgulho para nós, moradores de Belo-Horizonte, termos um museu como esse em nossa cidade. Realmente, senti um enorme orgulho de ver que a capital de Minas Gerais pode contar com um espaço cultural tão bem-montado e tão rico de história e lembranças.

E fica aqui minha sugestão: visite, você também, o Museu de Artes e Ofícios. Leve sua família, seus filhos e amigos até lá. Vale a pena esse encontro com os ofícios e lutas tão bem empreendidos por nossos antepassados.

Se quiser conhecer mais sobre o Museu de Artes e ofícios, clique aqui:



Veja, ainda, o que a Wikipédia fala sobre o Museu de Artes e Ofícios:

Museu de Artes e Ofícios
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
O Museu de Artes e Ofícios é um museu brasileiro localizado na cidade de Belo Horizonte. Inaugurado em 14 de dezembro de 2005, é o primeiro empreendimento museológico brasileiro dedicado integralmente ao tema do trabalho, das artes e ofícios no país. Com 9.000 m² de área, o museu está instalado no conjunto histórico da antiga Estação Central da rede ferroviária, na Praça Rui Barbosa, mais conhecida como "Praça da Estação". No mesmo local funcionam ainda hoje uma estação de metrô e um ramal ferroviário. É um dos museus mais bem estruturados do Brasil em termos de organização, estrutura para as exposições e uso de recursos audiovisuais[1].


[editar] História do Museu
O museu é uma iniciativa do Instituto Cultural Flávio Gutierrez - ICFG e foi desenvolvido a partir da doação ao patrimônio público de uma coleção de mais de 2.147peças, dos séculos XVIII ao XX, pela empreendedora cultural Angela Gutierrez. A coleção mostra a riqueza da produção popular na era pré-industrial: os fazeres, artes e ofícios que deram origem às profissões contemporâneas. Ao percorrê-la, com o suporte de recursos museográficos e de ações educativas, o visitante poderá ver um amplo painel da história e das relações sociais do trabalho no Brasil, nos últimos três séculos.


Referências
↑ O museu recebeu a classificação de 4 estrelas do Guia Quatro Rodas na edição de 2007 (visitado em 19/07/2008).

sábado, 10 de janeiro de 2009

Veja como deixar seu comentário neste blog.

Muitas pessoas, que têm visitado este blog, têm reclamado de que não estão conseguindo postar comentários. Para facilitar o acesso aos comentários, resolvi mostrar, passo a passo, como se faz para deixar um comentário aqui.

Primeiro, você escreve o que deseja comentar e depois rola a página até a seção Escolher uma identidade, demonstrada abaixo. Faz a verificação da palavra e em seguida, você clica na bolinha que fica antes de Nome/URL , para selecionar esta opção. Depois, é só preencher o seu nome e clicar em Publicar Comentário.

Fácil, fácil, não é mesmo? Agora é só escrever e deixar aqui o seu comentário. E desde já, obrigada por participar deste blog.

sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

Mistério no Universo

Vejam esta matéria da Folha de São Paulo Online, publicada nesta sexta-feira, que mostra que existe mesmo muito mais mistérios entre o Céu e a Terra do que pode crer nossa vã filosofia.
Vale a pena dar uma olhada:

Balão da Nasa "escuta" ruído misterioso no cosmo

EDUARDO GERAQUE
da Folha de S.Paulo


O Universo acaba de pregar uma peça em pesquisadores brasileiros e americanos. Um experimento configurado para medir a energia injetada no cosmo pelas suas primeiras estrelas, em tese, achou muito mais do que isso. Em vez do sinal fraco dos primeiros astros, o Projeto Arcade registrou um ruído de rádio seis vez maior do que o previsto. O quebra-cabeça do início do Universo acaba de ficar muito mais embaralhado, e a detecção das primeiras estrelas, mais difícil.

"É uma surpresa total. A diferença é grande. Estamos diante de um desafio totalmente novo", disse à Folha o astrofísico Thyrso Villela, do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais). O cientista, ao lado de Carlos Alexandre Wuensche, também do Inpe, é um dos autores de quatro artigos científicos submetidos ao periódico "The Astrophysical Journal" descrevendo a descoberta.


O voo do balão Arcade foi que registrou ruído seis vez maior do que o previsto e embaralhou o estudo de estrelas.
Os cientistas estão classificando o novo estrondo primordial como algo misterioso porque todas as fontes já conhecidas para esse ruído foram descartadas.

Não é um rastro de nenhuma estrela antiga, de nenhuma fonte cósmica conhecida de ondas de rádio ou muito menos um resquício de gás de perto da Via Láctea.

Nem mesmo o resíduo do Big Bang, a chamada radiação cósmica de fundo (energia "fóssil" da infância do cosmo --os primeiros cem mil anos), pode estar na fonte do ruído misterioso --por causa da diferença de intensidade entre ambos.

Grandes ruídos, por sinal, podem ser boas trilhas para importantes descobertas. O eco do Big Bang nos anos 1960, achado também de forma acidental, rendeu o Nobel de Física (1978) à dupla Arno Penzias e Robert Wilson.

Tecnologia nacional

A detecção do novo ruído misterioso também ocorreu devido a instrumentos confeccionados em São José dos Campos, no Inpe: antenas que captam frequências de rádio de 3, 5 e 7 gigahertz.

Na prática, o Projeto Arcade obteve todos os resultados processados agora com um único voo, em 2006. O balão estratosférico da Nasa, no dia 22 de julho, atingiu 37 km de altura por quatro horas. Os sensores do equipamento, mergulhados em aproximadamente 2.000 litros de hélio, permitem que o sistema funcione próximo do zero absoluto (-270°C).

Na astrofísica, os cientistas relacionam a energia de radiação de um corpo com sua temperatura. O balão do Arcade estuda desvios de temperatura de 2,7 Kelvin (-267,3°C) em relação à radiação cósmica de fundo. Esse tipo de radiação primordial, medida há 20 anos, tem uma temperatura homogênea de -270,25°C.

Nessas diferenças sutis de temperatura estão as assinaturas cada vez mais "enigmáticas" do início do cosmo.

Tomates Secos

Você sabia que o tomate é, de longe, a fonte mais rica em licopeno, poderoso antioxidante, que combate os radicais livres, retarda o envelhecimento e pode proteger contra o câncer, inclusive o de próstata?

Além de prático e saudável, o tomate também é delicioso, pelo menos, para a maioria das pessoas.

Por isso, resolvi postar aqui hoje, para você, uma receita de tomate seco, prática e muito gostosa, que me foi passada pela Rosana Rajão, mais recente membro da nossa família, uma apreciadora da boa culinária e que faz coisas maravilhosas na cozinha.

Ela me ditou esta receita, pacientemente, enquanto nos deliciávamos com uma divina massa, que ela havia acabado de preparar, na casa da minha querida tia Dora, que também é sogra da Rosana, durante o feriado de Natal, em Conceição do Mato Dentro.

Quando cheguei a Belo Horizonte,corri para testá-la e deu super certo. Ficou tão boa, que acabou rapidinho e já tive que repetir a dose.

Valeu, prima! A sua receita foi super provada e aprovada!



Aprenda você também a fazer esses tomates deliciosos:

Tomates Secos, by Rosana Rajão.

Ingredientes:

3 quilos de tomates limpos e bem maduros, cortados em quatro partes e sem sementes
1/2 xícara de açúcar
1 colher de sopa de sal.
Azeite a gosto
Folhas de manjerição
Tempero Fondor ( Opcional)

Modo de preparar:

1- Colocar os pedaços de tomate em um tabuleiro grande.
2- Misturar o açúcar e o sal e espalhar sobre os tomates de forma homogênea.
3- Levar ao forno e assar por cinquenta minutos.
4- Retirar o tabuleiro do forno.
5- Virar uma a uma as fatias de tomate.
6- Levar novamente o tabuleiro ao forno por mais 50 minutos.
7- Retirar do forno e montar camadas em um pirex, alternando os tomates, o azeite, o Fondor e as folhas de manjericão.

Obs: Se você não tiver o manjericão, use orégano para substituí-lo. Outra coisa,você pode usar esse tomate seco para fazer sanduíches, saladas, para comer com pão ou mesmo puro. De qualquer jeito, ele fica maravilhoso!

Bom apetite!

quinta-feira, 8 de janeiro de 2009

Cuide bem de suas sobrancelhas! ( Estética e Beleza )

Nesta quinta-feira, fui ao centro de Belo Horizonte, participar de uma oficina de consciência corporal. Após a aula, fiz umas comprinhas e em seguida, passei em um salão de beleza, cujo proprietário é um artista das sobrancelhas. Resolvi passar lá depois que vi as sobrancelhas de uma amiga, que havia sido atendida por ele. Eu queria saber a opinião dele sobre as minhas sobrancelhas. Coisas de mulher, entende?

Muito bem. Não deu outra. Apesár de achar que ele ia dizer que minhas sobrancelhas estavam bem e que não precisavam de mudanças, ao analisá-las e ouvir de mim que era eu quem cuidava,ou descuidava, delas, ele foi categórico: você pode melhorar muito suas sobrancelhas. Do jeito que estão, você fica com um semblante mais triste e com o rosto mais cheio, referindo-se ao formato levemente arredondado das minhas sobrancelhas. Ele, então, sugeriu-me arqueá-las e dessa forma, levantar o olhar com efeitos semelhantes ao de uma pequena plástica.


Ansiosa para ver como ficaria o visual de sobrancelhas novas, me entreguei às mãos do Zilmar. E realmente, ele fez um trabalho que me agradou.

Resolvi falar disso aqui, por que ele me fez o seguinte alerta: se as pessoas soubessem o quanto é importante fazer o desenho das sobrancelhas com um profissional especializado, elas não deixariam que qualquer pessoa fizesse esse trabalho. Cada fio que se arranca de forma indevida, pode ser um fio que se vai para sempre e que pode fazer uma grande falta no futuro.

Se eu soubesse que estava correndo o risco de perder alguns fios importantes, não teria me aventurado a fazer, eu mesma, minhas sobrancelhas, por anos a fio, sem nenhuma técnica ou conhecimento mais profundo sobre o assunto.

Por isso, deixo esta mensagem para todas as mulheres, principalmente as mais novas, que ainda têm chance de salvar as sobrancelhas. Não tirem os cabelos delas, vocês mesmas. Não deixem que qualquer pessoa faça isso.
Suas sobrancelhas são a moldura do seu olhar e o seu olhar é a expressão da sua alma.
Portanto, cuide bem da sua alma, ou melhor, das suas sobrancelhas!

Para as mulheres mais idosas, fica aqui uma dica: esse profissional também faz sobrancelha definitiva e o trabalho dele é muito bem feito e fica super natural, nem parece que é uma tatuagem.

E cada vez mais, homens estão procurando esse tipo de atendimento. É o que Zilmar me revelou. Ele disse que os homens o procuram para pinçar principalmente os cabelos entres as sobrancelhas, as chamadas monocelhas.

E aproveito para deixar um recado a vocês, do sexo masculino:
Cuidem também de suas sobrancelhas. Evitem as monocelhas, que é o excesso de cabelos que une as sobrancelhas, pois elas deixam vocês com cara de carrancudo e com o semblante pesado. Procurem, portanto, um especialista e verão como é simples e barato melhorar a aparência e ficar até mais jovem! Outra coisa, não se esqueçam de aparar os cabelinhos que insistem em sair das narinas e também de depilar os fios de cabelo que teimam em cobrir suas orelhas.

E para alertar mais pessoas sobre este assunto, convidei esse profissional para dar uma entrevista no Revista da Tarde, no quadro Estética e Beleza, que vai ao ar sempre às quintas-feiras. O objetivo é mostrar às pessoas a importãncia de cuidar bem das sobrancelhas, a moldura da nossa alma.

Se quiser ver como ficaram minhas sobrancelhas, clique na foto que está no meu perfil e amplie em seguida para ver como elas ficaram legais.

quarta-feira, 7 de janeiro de 2009

À minha afilhada, o meu carinho.

Hoje faz 33 anos que nasceu uma pessoa muito especial que trouxe muita alegria para toda a família. Era um bebê lindo, gordinho, rechonchudo e cabeludo. Para mim, a chegada dela teve um gostinho especial. Ela foi o primeiro ser a despertar meu instinto maternal. Ajudei minha mãe a cuidar daquela coisinha fofa e frágil, como se ela fosse não apenas irmãzinha, mas minha própria filha.

E como era gostoso cuidar daquela criança ! Ver o sorriso e acompanhar o desenvolvimento dela . Um belo dia , minha mãe anunciou que eu seria a madrinha da minha irmãzinha. Fiquei radiante! Era minha primeira afilhada de verdade. Senti-me super importante e responsável. E dessa forma, nosso vinculo se tornou ainda mais forte a partir daquele momento.

Acompanhei todas as fases da vida dela. Uma das coisas que ela fazia que mais encantava a todos da família, era o modo peculiar como ela se deslocava pelos quatro cantos do antigo casarão, a casa da família, onde meus pais residem até hoje. É que ela não engatinhava. Ela desenvolveu um jeito próprio e único de ir de um ponto a outro do sobrado. Ela usava o próprio bumbum para se arrastar e alcançar todos lugares aonde queria chegar. Era muito legal ver a rapidez e agilidade com que ela se deslocava e conquistava pela primeira vez a liberdade.

E em nome dessa liberdade, ela ganhou o mundo. Saiu do interior para morar na capital mineira. E aí, quis conhecer mais profundamente outros lugares e foi morar no Rio de Janeiro. Aí, o Rio ficou pequeno e ela se mudou para São Paulo. E continua morando e trabalhando em São Paulo.... até que um novo desejo de mudar e ganhar o mundo novamente, arrebate o coração dela.

Ana Carolina de Oliveira Rajão, Ana Carolina, Carol, Ana, Tó, Tozinha,
A você, nosso carinho, nosso amor.
Parabéns, felicidades! Muitos anos de vida!
E nunca se esqueça, que todos nós torcemos por você!
Beijo grande de todos nós que te amamos.

Tutti Maravilha revela seus sonhos para 2009.

Quais são seus planos para 2009?
Você traçou objetivos para este ano que se inicia?
O que pretende fazer, realizar, plantar, colher?
O que seria de nós, meros mortais, não fossem os sonhos?


Quem não sonha,não conquista
Quem não sonha , não caminha
Não realiza


Em 2009

Quero amor, saúde, alegria
paz,sintonia e harmonia
Quero música e poesia.

E lembre-se:

Todo sonho vale a pena
Quando a fé não é pequena!


E por falar em sonhos, quem revelou seus planos e sonhos para 2009, foi o meu amigo e colega de profissão, o jornalista e radialista, Tutti Maravilha. Tutti é o idealizador e apresentador do programa Bazar Maravilha, que vai ao ar na Rádio Inconfidência , de segunda a sexta-feira, de duas às quatro da tarde. O Bazar Maravilha, também chamado, carinhosamente, de Hora do Recreio, pelo próprio Tutti, é um dos programas mais tradicionais do rádio mineiro e, em 2009, completa 22 anos no ar. Parabéns, Tutti, pelo seu sucesso, pelo seu carisma, pela sua alegria! Que você consiga realizar todos os sonhos em 2009! Conheça agora quais são os planos e sonhos do Tutti para este ano:
video

terça-feira, 6 de janeiro de 2009

Receita do Ouvinte- Biscoitinhos dos cinco pratos.

Para você, mais uma receita enviada pelo ouvinte do Revista da Tarde, Highlander, "o Imortal", morador do Barreiro, em Belo Horizonte e que possui um acervo de 20 mil receitas.

Biscoitinhos dos cinco pratos

Ingredientes:

1 prato de açúcar
1 prato de polvilho doce
1 prato de farinha de trigo( menos um dedo)
1 prato de gordura(pelo friso)
1 prato de queijo ralado
3 ovos
erva doce a gosto e uma pitada de sal
Adicionar leite até dar consistência de amassar(coloque aos poucos)

Modo de preparar:

Misture todos os ingredientes e amasse até dar consistência para enrolar os biscoitinhos.
Se preferir faça como nhoque, e corte o tamanho de sua preferência.
Asse em forno quente ate dourar.

Saiba como ajudar as vítimas da chuva em Minas Gerais.

Não é nenhuma novidade que o tempo continua chuvoso aqui em Belo Horizonte. A chuva não se cansa de cair, sem quase nenhuma trégua. E assim deve continuar até esta quinta-feira, de acordo com as previsões meteorológicas.

Para ser sincera, eu adoro chuva. Acho esse fenômeno a maior bênção que podemos receber dos céus. A água é vida, é divina, é deliciosa! Viva a água! Hoje e sempre, amém!

Porém, a chuva, em excesso, me preocupa, quando me lembro que milhares de pessoas não têm a mesma sorte que eu, de morar em um lugar onde o risco de enchentes é nulo. É que minha casa se localiza no terceiro andar de um prédio construído no alto de um morro de um dos bairros mais altos da capital mineira.

Mesmo sem correr riscos de ver minha casa invadida pelas águas, não consigo dormir direito quando a chuva cai muito forte. Fico preocupada quando penso nas pessoas que moram nas diversas áreas de risco por absoluta falta de opção de moradias dignas e que são reflexos de nossas mazelas e deisgualdades sociais.

Realmente, é impossível não sofrer ao pensar que milhares de famílias perderam ou estão prestes a perder tudo do pouco que têm, por conta da força das águas. Algumas perdem até mesmo entes queridos tragados pelas fortes enxurradas ou soterrados por barrancos transformados em lama.

E isso não acontece apenas em Santa Catarina. Lá o problema existiu e continua existindo... Mas, aqui, bem pertinho de nós, em Belo horizonte e em outros 96 municípios mineiros, a chuva continua provocando grandes estragos e perdas, não só de coisas materiais, mas também de vidas. Cerca de 23 pessoas já morreram vítimas das chuvas desde o início do período chuvoso no estado. Os desabrigados e desalojados pelas chuvas somam milhares de vítimas.

Pessoas que estão precisando de ajuda, que não lhes resta nem mesmo uma peça de roupa para vestir , um cobertor para se aquecer, um alimento para matar a fome. Por isso, acho que todos nós devemos ajudar de alguma forma, do jeito que for possível. Inclusive, a Defesa Civil aqui de Minas Gerais, em parceria com várias Associações, lançou uma campanha para receber donativos em prol dos desabrigados e desalojados pelas chuvas.

Se você puder e quiser contribuir, recolha roupas, móveis, alimentos, colchões ou eletrodomésticos que não lhe servem mais e leve para doação até a Avenida Tereza Cristina 10.495, esquina com Rua Bonsucesso, no bairro Betânia, região oeste de BH. O posto de coleta funciona de 8 da manhã às 5 da tarde. De acordo com a Defesa Civil Municipal, esse ponto de recolhimento ainda é provisório e o órgão estuda a possibilidade de aumentar o número de postos.


A Cruz Vermelha também recolhe qualquer tipo de doações para as vítimas das enchentes de Belo Horizonte. Os interessados em ajudar devem se dirigir à Alameda Ezequiel Dias, nº 427, Funcionários, de sete da manhã até as 7 da noite.

segunda-feira, 5 de janeiro de 2009

Com certeza, você também vai se apaixonar!!!!

Hoje recebi um email da minha irmã caçula, Ana Carolina, avisando que já havia chegado a São Paulo, capital, onde mora e trabalha. Ela contou que a viagem tinha sido ótima , que o lugar aonde ela foi, era maravilhoso, um verdadeiro paraíso. E que era a minha cara!

É que ela sabe que sempre apreciei e escolhi para viajar e conhecer, os lugares mais tranqüilos, de natureza mais preservada possível , afastados de toda e qualquer confusão e de preferência habitado por pessoas ligadas culturalmente ao lugar. Fiquei curiosa para saber quão lindo era o local no qual ela estivera e sobre o qual ela falara.

É que minha irmã, sempre foi e se considerou uma urbanóide, apreciadora das cidades grandes e de tudo que elas oferecem. E sempre se vangloriou de ser uma urbanóide. Por isso, quando ela chegou e me disse, que o lugar onde passou a semana do Ano Novo era um paraíso, logo pensei : deve ser, realmente, deslumbrante, pois se Ana se encantou tanto, deve ser, realmente, maravilhoso! E não deu outra. Cajaíba é mesmo o paraíso!

E para provar que Ana Carolina tem razão, tenho o prazer de compartilhar com você, o link das fotos tiradas por ela, em Cajaíba, uma pequena praia... um lugarejo singular, perdido no litoral do Estado do Rio de Janeiro.

E confesso que também me apaixonei por lá. Amor à primeira vista, só de olhar para estas fotos! E já estou sonhando em dar uma passada em Cajaíba nas próximas férias.

E você, com certeza, também vai se apaixonar por esse lugar! Para isso , basta clicar.......aqui

Em tempo: Ana Carolina Rajão também é blogueira há muito mais tempo que eu, que comecei há pouco nesta prazerosa atividade. O blog da Carolina é WWW.procura-semanicure.blogspot.com..

domingo, 4 de janeiro de 2009

Alongamento para prevenir!

Neste domingo fui parar no hospital. Mas, não se preocupe. Estou bem. É que depois de três dias sentindo dores ao longo de todo o braço, costas e ombro direitos, resolvi procurar uma emergência ortopédica. Você pode até perguntar: por que esperou tanto para procurar ajuda? É que tenho a mania de evitar ao máximo a ida ao médico, sempre na esperança de que o problema se resolva naturalmente. Só que, quando vejo que isso está longe de acontecer, que preciso voltar ao trabalho e retomar a rotina, busco as devidas providências e ajuda especializada.


Cheguei ao hospital por volta da 1 hora da tarde e meia hora depois já estava de saída e até mesmo medicada com uma pequena injeção nos glúteos. Fazia tempo que não sabia o que era uma injeção nos glúteos. Fiquei apreensiva quando o enfermeiro disse que a injeção era lá. Mas... fazer o quê? Levantei o vestido longo e me entreguei ao sacrifício. Até que não doeu e serviu para relembrar a infância e trazer alívio para minhas dores musculares.


Exatamente isso: dores musculares. Esse foi o diagnóstico do ortopedista. Eu disse a ele que minhas dores surgiram depois de ficar um dia quase inteiro em frente ao computador. Que fazia quase 20 dias que não ia à academia e não me alongava. Ele, então, concluiu: suas dores foram causadas por má postura. Você precisa se alongar todos os dias, principalmente, quando for ficar ao computador, alongue os braços, os tríceps, o pescoço e as costas. Faça isso sempre.


Mas, ele advertiu-me que evitasse fazer alongamentos nesses períodos de crise, quando o quadro de inflamação já se instalou. Portanto, só voltarei a me alongar e a praticar exercícios físicos daqui a uma semana, quando me curar, e mesmo assim, depois de tomar anti-inflamatórios por cinco dias.


Apesar de não gostar de remédios e procurar investir na minha saúde através da prevenção, exceto alguns deslizes, ainda bem que os medicamentos existem, pois ninguém merece sentir dor!


Resolvi falar disso aqui porque acho que a nossa experiência sempre pode servir de alerta e ajudar as pessoas de alguma forma.

Também resolvi buscar na internet um vídeo sobre alongamento dos membros superiores, que espero seja útil para todos nós. Para assistir, clique abaixo:

sábado, 3 de janeiro de 2009

Mais fotos de um belo horizonte pra você.





Mais fotos de um ""Belo Horizonte' para você.

Feriado em Belo Horizonte

Amo meu trabalho, adoro o que faço, mas... nada como ficar de bobeira em casa num dia de feriado. Sem ter hora marcada para nada, sem compromisso com a vida, apenas desfrutando o ócio nosso de cada minuto. Ainda mais quando o feriado cai em plena quinta-feira e por isso fica com cara de mini-férias. Tem coisa melhor do que esse tempo para recarregar as energias, pensar na vida, curtir a si próprio e se livrar do corre-corre diário?

E foi justamente sobre a importância das férias, desse tempo que damos no trabalho em prol de nós mesmos, que fiz uma entrevista com a médica endocrinologista e psicanalista, Dra. Soraia Issa de Carvalho, que sempre às terças- feiras, gentilmente e com muita competência, nos concede uma entrevista no quadro Viver e Conviver do Revista da Tarde.


A entrevista vai ao ar sempre ás 12h:45min, na AM 880 ou ondas curtas de 49 metros,6010 KLZ. Dá para ouvir também pela internet, no www.inconfidencia.com.br, clicando no link da AM. A produção do programa fica por conta da produtora-executiva do Revista da Tarde, a jornalista Velise Maciel,a quem devo agradecer muito pelo trabalho que vem realizando.


Voltando a Dra. Soraia, ela disse que as férias são muito importantes para que possamos manter a nossa saúde mental que é a base de uma vida saudável e feliz. Também é uma época excelente para aproximar a família e para nos encontrarmos com nós mesmos e com o outro. Portanto, não deixe de curtir muito suas férias. E, se não puder viajar, procure olhar de sua janela e ver que a paisagem urbana também é bela. Apreciar a vida faz bem para a alma e aquieta a mente. E isso não custa dinheiro. Basta ter sensibilidade para ver que a vida vale a pena!


E para vocês algumas fotos que tirei da janela da minha casa, onde passei o feriado de Ano Novo e de onde curti a nossa e o nosso “Belo Horizonte”.




sexta-feira, 2 de janeiro de 2009

Leia os versinhos da Vovó Juracy!

No dia 23 de dezembro último recebi uma carta linda e delicada de uma ouvinte do Revista da Tarde, chamada Juracy Lopes Gonçalves, a Vovó Juracy, de Lagoa Santa (MG).

Na cartinha, entre outras coisas, ela dizia que era ouvinte assídua do programa Revista da Tarde, que achava ele um barato e perfeito e que era minha fã de carteirinha.

Fiquei lisonjeada e muito feliz com a cartinha. Também não é para menos, pois a coisa mais importante para um profissional de comunicação é a resposta que ele tem daquele que é o alvo de seu trabalho. Além das palavras carinhosas, Vovó Juracy também contou que é uma poetisa, que adora escrever versinhos e enviou alguns que eu, inclusive, li ao vivo no Revista da Tarde.

E eu gostaria também de compatilhar com vocês os versinhos escritos pela Vovó Juracy, que nos revelou que completou 74 anos de idade em dezembro e possui 4 filhos maravilhosos, 10 netos e 3 bisnetos que ela ama demais e é um exemplo de pessoa realizada e de bem com a vida.

Um beijo grande, Vovó Juracy, parabéns e feliz 2009!

Versinhos da vovó Juracy

A saudade é um pedacinho
do nada que foi tudo.
A saudade é um triste ninho
que perdeu o dono e ficou mudo.
===============================

Ilusão, linda sereia
a seduzir e encantar
igual o rastro na areia
que o mar vem apagar.
================================

O poeta, esse desconhecido,
ninguém em vida o conhece.
É por todos esquecido,
só na morte ele aparece.
================================

Quando a esperança morre
a alegria vai com ela, sem esperar
e a solidão então corre
vem tomar o seu lugar.
================================


Obrigada, Vovó Juracy, pelo seu carinho!

quinta-feira, 1 de janeiro de 2009

Que tal dançar em 2009?

Comecei 2009 literalmente com o pé direito. É que tenho simpatia por algumas simpatias. E como não poderia deixar de ser, na virada do ano sempre dou um jeito de colocar apenas o pé direito no chão e ficar com o esquerdo levantado.

Também comecei o ano olhando para o céu. Adoro olhar para o céu; observar estrelas e tentar desvendar os mistérios desse universo que parece ficar acima de nós. Mas, na virada do ano, olhei para o céu, não para me encontrar com as estrelas, mas para me deixar encantar pela explosão lisérgica de fogos de artifício, que marcaram a entrada do novo ano, na Barragem Santa Lúcia em Belo Horizonte. Foi um verdadeiro espetáculo, que durante 20 minutos ou mais, inebriou nossos sentidos de fortes emoções e de uma grande força para enfrentar o ano novo com disposição, alegria, saúde e, sobretudo, fé.

Dizem os crentes que o que fazemos no primeiro dia do ano é o que iremos fazer mais ao longo do ano. Por isso, procuro fazer apenas coisas prazerosas nesse dia. Entre elas, comer bem, porém não muito; beber moderadamente um bom vinho tinto; ficar na internet escrevendo ou me comunicando.


Outra coisa que fiz nessa virada de ano foi dançar. Acho que todos deveriam dançar. É prazeroso e faz bem para o corpo físico e mental. Já foi provado que a música provoca estímulos ao cérebro capazes de curar até mesmo áreas afetadas por derrames. Ela também acalma e descansa a mente e traz inúmeros outros benefícios para a saúde.


Imagine, então, o que a dança pode proporcionar à nossa vida! Ela une corpo e cérebro através do movimento e do som. E às vezes, provoca explosões ainda mais fortes que as diversas toneladas de fogos de artifícios que iluminaram nossa entrada em 2009.


Eu faço dança de salão há cerca de seis meses e adoro. Danço bolero, samba, soltinho e forró. Fica aqui minha sugestão para que você também faça dança e seja muito feliz em 2009. E se você acha que não leva jeito pra coisa, tente, não custa tentar. E com certeza, você vai aprender e descobrir um dos grandes prazeres da vida que é dançar.


Aproveito para deixar aqui uma homenagem ao meu professor de dança Roberto Evandro e a toda a equipe de monitores que trabalha com ele, formada pelo Carlos, Átila, Diego e Dênis, em agradecimento por tudo que me ensinaram em 2008.

A alma da dança e a dança da alma

Sempre gostei de dançar, de balançar o corpo e sentir toda a energia que ele é capaz de emanar através do movimento. A dança, além de mexer com a estrutura física também agita a alma e traz à tona nossas emoções mais íntimas. O sistema imunológico agradece o aporte de energia que recebe quando dança o corpo. Os músculos ficam mais resistentes, o sangue circula com força pelos vasos sanguíneos, como se participassem de corrida de Fórmula 1 e o coração bate mais forte em agradecimento.


A dança também descansa o nosso cérebro que humildemente se deixa dominar pela soberania do movimento do corpo. Quando dançamos, expomos nossa alma e desnudamos nossos desejos mais profundos de ser o que realmente somos. Colocamos para fora nossas vaidades, sensualidade e alegria de existir.


Quando entregamos nosso corpo à dança, uma comunhão perfeita com o cosmos em constante e infinito movimento se estabelece e as vibrações renovam nossas células e nos sentimos bem mais jovens do que realmente somos.


A dança representa saúde física e mental. Ela contribui para o emagrecimento através da queima de calorias e ainda alivia a ansiedade, aumenta a concentração e melhora o equilíbrio e a percepção.

Não abro mão da dança. Quero continuar dançando sempre... Hoje, amanhã.... e até que, um dia, cessem os movimentos do meu velho e cansado corpo. E neste instante, não estarei infeliz, pois sei que minha alma, com absoluta certeza, continuará, leve e solta, dançando por toda a eternidade!

Nossa Língua Portuguesa sofre mudanças a partir de hoje. Conheça a novas regras!

A partir de hoje, primeiro de Janeiro de 2009, começam a vigorar as novas regras ortográficas da Língua Portuguesa. Porém, teremos até 2012 para nos adaptarmos a essas mudanças e até lá as regras antigas serão aceitas e poderão ser usadas normalmente.
Conheça aqui :
As Novas Regras da Língua Portuguesa são:

Trema: O trema desaparecerá.
Exemplos:
Conseqüência => Consequência
Seqüência => Sequência

Acentos: As mudanças acontecerão apenas nas paraxítonas, as outras permanecem iguais.

- Ditongos: "ÉI" e "ÓI" perderão o acento.
Exemplos:
Idéia => Ideia
Heróica => Heroica

Lembrete: só o acentos nas paroxítonas some, em monossílabos tônicos e oxítonas continuam.
Exemplos: Anéis, dói

- O acento circunflexo do ditongo "ÔO" também some.
Exemplos:
Môo => Moo
Enjôo => Enjoo

- O circunflexo do hiato "ÊEM" que aparece na 3ª pessoa do plural de verbos como: ler, ver, crer, dar e seus devirados desaparece.
Exemplos:
Descrêem => Descreem
Lêem => Leem

- Acentos diferenciais sumirão.
Exemplos:
Pára => Para
Pêlo => Pelo
O acento de "Pôde" e do verbo "Pôr" permanecem.

- O acento agudo do "U" tônico some.
Exemplos:
Apazigúe => Apazigue
Averigúe => Averigue

- "I" e "U" antecedidos por ditongo perdem o acento.
Exemplos:
Feiúra => Feiura
Baiúca => Baiuca

Hífen: não será mais utilizado quando:

- A segunda palavra iniciar com "R" ou "S". Estas consoantes serão duplicadas.
Exemplos:
Anti-Religioso => Antirreligioso
Infra-Som => Infrassom

Exceção: o hífen será mantido quando o prefixo terminar com "R".
Exemplos: Hiper-Requintado, Inter-Resistente

- Quando a primeira palavra termina com vogal e a segunda inicia-se com uma vogal diferente.
Exemplos:
Auto-Estrada => Autoestrada
Aero-Espacial => Aeroespacial

As letras "K", "W" e "Y" serão incorporadas ao alfabeto que passará a ter 26 letras.

O português de Portugal também sofrerá modificações:

- "C" e "P" desaparecerão de palavras onde não são pronunciadas.
Exemplos:
Acto => Ato
Óptimo => Ótimo

- Será eliminado o "H' do início de algumas palavras, passando a serem escritas como no Brasil.
Exemplos:
Herva => Erva
Húmido => Úmido