segunda-feira, 13 de abril de 2009

A bola rola...rola...rola!



Hoje meu filho me chamou para estudar Português com ele. Há cerca de três semanas estudamos juntos um pouco de gramática, mais especificamente os substantivos e seus gênero, número e grau e ele foi bem na prova.

Hoje ele pediu-me para estudarmos mais um pouco. Eu adoro estudar Português. Amo minha língua e é com prazer que atendo ao pedido dele. Nosso idioma é um dos mais complexos gramaticalmente e, talvez por isso mesmo, exerça sobre mim um grande fascínio. Para mim, nossa língua é um eterno desafio.

Também acho linda e musical a pronúncia portuguesa. Quando falamos parece que cantamos. A nossa língua soa como uma música suave para meus ouvidos.

Aprendi a gostar de Português desde quando era criança e fazia o primário no Grupo Daniel de Carvalho, em Conceição do Mato Dentro.

Adorava escrever redações e quanto maiores elas eram mais me sentia realizada e orgulhosa. Lembro-me que contava sempre o número de páginas que tinham meus textos.

Lembro-me também, com carinho, das minhas professoras que me ensinaram o "bê a bá" e tanto ajudaram a despertar em mim o gosto pelo Português: Dinahzinha, Alzira, Dona Cruzinha e Irmã Lúcia, obrigada. Sou eternamente grata a vocês.

Hoje estudamos mais um pouco sobre a flexão dos substantivos quanto ao gênero: masculino, feminino, sobrecomum, comum de dois gêneros e epicenos. E meu filho que sempre se mostrava arredio quanto ao Português, está cada vez mais interessado em descobrir os encantos e mistérios de nossa língua: Portuguesa, com certeza!

E aproveito para brincar um pouco com as palavras, através destes versinhos que ora apresento a vocês e dedico a:

Pedro, Tomás, Hugo e João,
todos eles "Rajão".
Ofereço com amor e carinho
do fundo do meu coração:

A BOLA ROLA...

A bola rola... rola.... rola....
E o menino correndo vai atrás...
E cai.

E a bola rola...rola...rola...
E o menino se espanta ...
Mas, se levanta .


E, correndo, atrás vai.
Mas, e a bola?
A bola rola...rola...rola...

5 comentários:

Felisberto disse...

Gostei do formato do blog!

Cathwillows disse...

Pedro tem que tirar 10 em português! Não aceito menos! heheheh!

Anônimo disse...

Deborah, voce e uma pooetisa das boas.Gostei do poema aos meninosParabens!Mamiprul

João Bosco Miquelão disse...

Déborah,

Eu achava que você tinha uma veia poética, mas me enganei. Você tem é uma grande artéria, uma verdadeira aorta poética! Parabéns!

Como tive o prazer de conhecer bem alguns membros talentosos da família Rajão, estou certo de que Pedro não vai “negar” a genética...

Neste post você diz: “Também acho linda e musical a pronúncia portuguesa. Quando falamos parece que cantamos”.

Eu tive uma experiência que comprova isto o que você afirma. Numa certa ocasião eu, minha mulher e uma neta estávamos fazendo compras numa loja fora daqui (você sabe onde). Enquanto a vendedora nos atendia – ela não falava português – nós três discutíamos o rumo das compras no nosso lindo idioma. A proprietária da loja, que nos observava a distância, não se conteve, aproximou-se e disse: “What language are you speaking? It’s very beautiful!”.

Herval Junior disse...

Pena que você não tenha atualizado ontem e hoje,bjs!