sábado, 2 de maio de 2009

Xô: saia do armário!


Na minha casa, aparece sempre em um dos armários onde guardo os alimentos , um determinado tipo de inseto, umas borboletinhas, que na verdade são as insuportáveis traças que atacam principalmente a farinha de trigo que sempre compro em grande quantidade para produzir pão. É que em minha casa existe o costume, que já dura cerca de 20 anos, de , no final de semana, fabricar o pão nosso que consumimos a cada dia e com muito prazer, por sinal.

Para impedir o ataque desses invasores, meu marido, o principal padeiro da casa, tem colocado os sacos de trigo dentro de outros vários de plástico, para tentar evitar que essas repugnantes traças não invadam a praia dos humanos.

Além disso, ele sempre borrifa água sanitária na proporção de 50% para 50% de água sobre as prateleiras para desinfetar e tentar expulsar essas pragas literalmente pragas.

Esses procedimentos ajudam mas, não conseguem espantar de vez essas nada simpáticas borboletas que insistem em sobrevoar minha cozinha quando abro a porta do armário e que me irritam profundamente.

São três as espécies da traça da farinha e cacau, cujo nome científico é Ephestia spp. :

1-E. elutella a traça mais comum na maioria dos cereais e produtos processados.
2-E. kunniella que ataca a farinha de trigo.
3- E. cautella que prefere o cacau.

Embora uma ou outra espécie tenha preferência por determinado substrato, hoje em dia as diferentes espécies podem ser encontradas em qualquer substrato ou cereais. Suas características corporais também são muito parecidas, tendo coloração acinzentada com estrias transversais e de tonalidades diferentes que auxiliam na distinção das espécies. Os adultos não se alimentam e apresentam maior intensidade de vôo no crepúsculo e ao alvorecer.

As larvas apresentam grande mobilidade e produzem fios de seda intensamente, formando massas de teias nos produtos que infestam. Apresentam capacidade de penetração em embalagens.

Por querer acabar para sempre com essas traças na minha cozinha, andei pesquisando na internet algumas dicas sobre produtos naturais caseiros para o controle de pragas urbanas em geral, que eu compartilho agora com vocês:


Repelindo visitantes indesejados

"Em geral não é difícil afastar insetos e parasitas de forma eficaz e não agressiva. Basta apenas utilizar produtos que nós gostamos mas, eles não.

Para afastar os insetos e os maus cheiros numa casa, colocar debaixo dos tapetes e carpetes: alecrim, cavalinha, erva-cidreira, tanaceto, funcho, hortelã, macela, manjericão, manjerona, margaridas, pinheiro, poejo, primavera, rosa, salva, satureja-das-montanhas, tomilho, violeta de cheiro...

FORMIGAS
Colocar ou pendurar ramos de poejo, arruda ou tanaceto. De vez em quando agitar as folhas para o cheiro se libertar; estas ervas não matam as formigas mas, afastam-nas.
Colocar ramos de menta ou gotas de óleo essencial de menta nos locais onde as formigas passam.
Lavar com uma mistura de vinagre e água todos os locais e objetos onde aparecem formigas.
Cortar um limão bolorento em pedaços pequenos e coloca-los nos locais onde passam os bichos.
Espalhar cravinhos pela casa, dentro dos armários e dentro do açucareiro.
Cascas de tangerina e limão, ramos de salsa e folhas de louro também são repelentes naturais.
Espalhar farinha de trigo (branca) ou borra de café pelos locais onde as formigas passam também as afasta.

GORGULHO ou CARUNCHO
Utilizar folhas de louro nos recipientes de farinha, arroz, legumes secos, etc.

MOSCAS e MOSQUITOS
Colocar penduradas em jarras ou vasos as seguintes ervas em molhos: sabugueiro, alfazema, hortelã, hortelã-pimenta, artemísia, poejo, arruda e abrótano.
Pendurar pedaços de raiz pegajosa da énula-campana nas portas, janelas, etc.
Folhas de louro, eucalipto e manjericão, maceradas em água ou espalhadas pelo ambiente.
Queimar um pau de incenso também ajuda a afastar as moscas.

PULGAS e TRAÇAS
Para afastar pulgas, traças e outros insetos, espalhar sobre o chão da casa, à porta de casa ou à volta as seguintes ervas: abrotanos, alecrim, aspérula-odorífera, cálamo-aromático, cavalinha, cidreira, tanaceto, funcho, hortelã-pimenta, lúpulo, macela, manjericão, manjerona, margaridas, pinheiro, poejo, rosas, salva, tomilho, arruda, violetas e erva-ulmeiro. Usar as ervas que conseguir encontrar e colocá-las misturadas pelo chão.

Uma infusão de arruda e poejo é ótima para lavar os animais domésticos, pois repele as pulgas e é inofensiva para os bichos.

Para evitar que os cães tenham pulgas: aplicar 2 colheres de sopa de alecrim fervidas num litro de água.

PIOLHOS
Fazer chá de arruda (40g de folhas num litro de água) e aplicar no cabelo, de maneira que todo o cabelo fique molhado.
Colocar uma toalha para envolver e deixar por cerca de meia-hora. Depois lavar com sabão azul ou com um xampu natural. À noite, preparar a seguinte loção: por ao lume um litro de água com um pouco de arruda, quando ferver juntar um caroço de abacate ralado e deixar ferver 5 minutos. Coar, deixar arrefecer e aplicar na cabeça, friccionando bem o couro cabeludo.

Outra forma eficaz é pegar uma boa porção de sal de cozinha refinado, molhá-lo até formar uma pasta e aplicar na cabeça da pessoa infectada. Deixar por várias horas (por exemplo, durante toda a noite).
Depois, lavar normalmente a cabeça. Repetir a aplicação a cada três dias, até eclodirem todas as lêndeas.

RATOS
Ramos de hortelã e tanaceto pendurados ou colocadas num local onde se suspeite que passam os ratos.
Com os ramos de arruda também se faz um ótimo repelente contra ratos.
Outra forma de apanhar ratos sem crueldade nem morte consiste no seguinte:

- Arranjar um tubo de papel higiênico e fazer dois vincos no sentido do comprimento de maneira a obter um túnel com os lados planos
- Por uma guloseima ao fundo do tubo
- Arranjar um balde alto
- Colocar o tubo mal equilibrado na ponta de uma mesa ou balcão com a guloseima diretamente sobre o balde
- O rato correrá através do túnel e cairá no balde
- Libertar o animal bastante longe da sua casa.

VESPAS
Para afastar vespas, queimar folhas secas de trevo cervino".


Fontes:www.centrovegetariano.org.br e www.protectapragas.com.br

16 comentários:

Luis Bento disse...

Obrigado pelas dicas! É preferível usar meios naturais e ancestrais ao invés dos químicos que trazem outros problemas. Vou experimentar...

P.S. É notório o seu carácter informativo. O seu blog está sempre dando dicas e informações sobre os mais díspares assuntos.

blogdadeborahrajao disse...

Oi, Luis Bento, que bom que essas dicas vão ser úteis para você também.

Quer dizer que, aí em Portugal, você também tem que lutar contra essas insuportáveis traças, não é mesmo?

Tomara que consigamos ficar livres delas. A batalha, pela minha experiência, deve ser contínua...Mas, não desistamos nunca...Um dia venceremos...

Obrigada pela sua visita e por suas sempre motivadoras palavras.Um abraço...

João Bosco Miquelão disse...

Prezada Déborah

Ao seguir algumas de suas dicas, veja o que aconteceu:

1 Coloquei cavalinha debaixo do tapete e o resultado foi este: ela (a cavalinha) saiu em disparada e sumiu com o tapete!

2 Comentei com um amigo meu (vietnamita) o processo antipulga de aplicar no meu cachorro duas colheres de sopa de alecrim fervido em água. Ele ficou lambendo os beiços e disse que manjerona e alho também acentuam bastante o paladar do bicho.

3 A do rato, achei fenomenal. Deu certo! Consegui pegar um, pequenino, preso no balde, e o soltei num lugar bem distante conforme você indicou; também levei o meu gato, meio gordo, que estava precisando de correr um pouco.

Brincadeira à parte, aliás, peço perdão por brincar assim, achei suas informações muito úteis, pois são receitas econômicas, práticas e ecologicamente corretas. Eu já conhecia algumas, e de fato elas funcionam!

Seu blog continua excelente!

blogdadeborahrajao disse...

Sr, João, adorei suas brincadeiras: super bem-humoradas e que me fizeram rir tanto quanto a dica do site vetetariano para se capturar o rato. Na verdade, nunca ví nenhuma sugestão hilária como essa, principalmente quando eles sugerem de levar o rato vivo para bem longe da casa de quem o capturou, depois de todo aquele trabalho. Só espero que a pessoa que seguir essas orientações, não coloque o rato perto da minha casa. kkkkk. Um grande abraço.

Jane Rajão disse...

Deborah, eu tenho uma dica para acabar com esses bichinhos na Farinha de Trigo. É só colocar folhas de louro dentro da lata.
Experimente!!!

blogdadeborahrajao disse...

Falou, prima, obrigada pela dica. Vou experimentar. Beijos.

Anna disse...

Estou com esse problema em casa e resolvi pesquisar na internet, nunca pensei q iria achar rsrs. Eu descobri ao perceber que abrindo o armário as borboletinhas saiam voando pela casa, fui fazer uma faxina no armario para saber de onde vinham. Achei as larvas(tipo uma minhoca) dentro das embalangens de arroz e farinha de rosca. Gostaria de saber se elas causam algum dano a saúde??? Pois estou jogando fora todos os alimentos onde estou achando as larvas...e isso esta me dando um prejuízo imenso rsrs.
Obrigado..Bjus

blogdadeborahrajao disse...

Oi, Anna. Acho que não tem problema nenhum vc reaproveitar o arroz. Basta vc tirar as larvinhas, lavá-lo bem e refogá-lo em seguida. As larvinhas são parecidas com bichinho de goiaba e assim como eles não fazem mal á saúde. Eu fiz isso. Lavei bem o arroz e utilizei-o sem problema.Afinal, acho que não tem nada a ver descartar todo o alimento, que está tão caro, só por causa de uma minhoquinha. Portanto, descarte a minhoquinha e aproveite o alimento.
Outra dica é colocar folha de louro dentro da lata onde vc armazena o arroz para espantar as larvinhas.

No mais, boa sorte, afinal, a luta continua...Espero que, tanto vc como eu, consigamos vencer essa batalha.

Um abraço grande.

Marley disse...

Oi Débora. ADOREI sua matéria sobre essas MALDITAS borboletas. Estava ficando maluca, sem saber o que era. Coloquei pacotes de alimentos fechados fora por causa desses insuportáveis bichinhos. Obrigado pela dica. Beijão. Marley(Florianopolis/SC)

Rosimar disse...

Adorei saber mais sobre bicho da farinha faz mal a saude?

Anônimo disse...

obrigada pelas sugestões vou usar tudo para acabar com estas borboletinhas que tanto encomodão na cozinha e o pior é que tenho notado algumas em menor número na sala.
assim que tiver resultado retorno.

jusakros disse...

Olá Deborah, me nome é Jussara, estou com o mesmo problema vou seguir as suas dicas, mas estas borboletas são da natureza e tenho notado que não existe mais lagartixas nas casas, quando eu era criança na minha casa tinha muitas nas paredes, elas comiam os insetos, hoje quase não se ver nos domicilios acho que alguma coisa eliminou as lagartixas e sem elas os insetos caseiros estão fazendo a festa.

MULHER VITORIOSA disse...

nizdiOlá, Déborah, que a paz de Cristo esteja contigo.
Muito interessante estas dicas que muito ajudam a gente, donas-de-casa.
Amada, meu problema é outro e ainda não achei solução para eles e te peço, se puder, me ajude nisso. Andam pelos quilos de arroz e feijão da minha dispensa, uns bichinhos pretos, que antes eram conhecidos como sendo só de feijão, mas que infestaram a minha dispensa e tenho me achado colocando meus quilos dentro da geladeira, porque eles furam-lhes e penetram, principalmente nos de arroz. Se vc, amada, tiver alguma dica abençoada para isso, por favor mande por e-mail para vozamiga@gmail.com, por favor. Obrigada, tudo de bom e muitos beijos.

pétalas de uma mulher disse...

Na minha casa tb tem essa indesejaveis borboletinhas e estavam um monte no teto da cozinha, percebi que quanto mais matava elas mais apareciam, ai tive a ideia de fazer meu marido pegar uma a uma com o papel e jogar no lixo, deu certo elas sumiram....por algum tempo, agora apareceram novamente...rsss
Vou tentar o louro, já coloquei todos meus cereais dentro de um pote, mesmo assim elas invadem, tá no comecinho vou atacar.
Acho que devemos tomar cuidado ao comprar pois o produto já pode vir infestado.

pétalas de uma mulher disse...

Na minha casa tb tem essa indesejaveis borboletinhas e estavam um monte no teto da cozinha, percebi que quanto mais matava elas mais apareciam, ai tive a ideia de fazer meu marido pegar uma a uma com o papel e jogar no lixo, deu certo elas sumiram....por algum tempo, agora apareceram novamente...rsss
Vou tentar o louro, já coloquei todos meus cereais dentro de um pote, mesmo assim elas invadem, tá no comecinho vou atacar.
Acho que devemos tomar cuidado ao comprar pois o produto já pode vir infestado.

Guilherme Pacheco disse...

eu tentei encontrar pela internet dados e possível solução para esses bichinhos que aqui em casa está aumentando cada vez mais e já estava muito aborrecida de jogar tanto cereal fora, temendo resultados negativos para a saúde e levando prejuízos e sem saber o que fazer para acabar com os bichinhos, até que encontrei em seu blog. Vou tentar de tudo pois são uma praga e dão nojo a ponto de ficar cismada em usar o resto do alimento. Obrigada pelas dicas e informações valiosas!