domingo, 15 de fevereiro de 2009

Na contramão da tradição


Estou assustada e apreensiva com o que pode vir a ser o carnaval em Conceição do Mato Dentro este ano. Vou explicar por quê:

Conceição do Mato Dentro é uma cidade de 18 mil habitantes que fica localizada a 155 quilômetros de Belo Horizonte, capital de Minas Gerais. Uma cidade histórica com inúmeros imóveis tombados, porém, infelizmente, nem todos devidamente cuidados e preservados como deveriam e mereciam ser. Conta ainda com uma natureza privilegiada e por isso é reconhecida como um santuário ecológico.

Conceição sempre contou com um carnaval tranqüilo, agradável, que proporciona oportunidades de rever familiares, amigos e conterrâneos que muitas vezes só se encontram nessa época do ano. Um carnaval pautado por manifestações populares espontâneas e cuja grande atração era o desfile da Escola de Samba da Band, idealizada e produzida, com muito suor, pela carnavalesca Nídime.

Na semana que se passou, encontrei uma conhecida que me perguntou aonde eu iria passar o carnaval este ano. Eu disse que seria em Conceição do Mato Dentro, pois lá o carnaval era tranqüilo e que eu não queria muita confusão, queria mais descansar.

Pouquíssimos dias depois, qual não foi minha grande surpresa, receber a notícia de que a folia em Conceição iria ser um megaevento, embalado por várias bandas que tocam música baiana, megaboate e até mesmo trio elétrico.

Fiquei assustada com a grandeza que passaria a ser o nosso, até então, agradável e aconchegante, carnaval conceicionense .

Para você ter uma idéia do motivo do meu susto, de acordo com o que está sendo divulgado pelos organizadores do evento, foram contratadas 5 bandas de axé, trio elétrico, DJ profissional para tocar em uma megaboate que vai ser montada na praça principal da cidade, entre outras "atrações".

Gente, 5 bandas de axé é muita coisa! É axé demais para uma cidade que tem uma cultura associada à música de qualidade, que tem um carnaval tradicionalmente embalado por marchinhas e samba até há pouco tempo.

Não que eu deteste axé. Somente acho que o axé combina com a Bahia, pois tem a ver com a cultura de lá, surgiu lá e é o axé que tornou o carnaval baiano mais conhecido em todo o mundo. Então, que fique por lá.

Além do mais, sou mineira e aprendi a gostar e a preferir o ritmo das marchinhas carnavalescas e do sambinha. Acredito que a maioria dos moradores de Conceição também assim prefere e se pudessem, não iriam escolher o evento que está para ser realizado este ano.

Por que não produzir um carnaval mais mineiro, que tenha nossa cara e conte nossa história? Um carnaval para todos, mas para todos que se identificam realmente com nossa cidade!

E eu pergunto: - Por que contratar 5 bandas de axé? Por que não foram contratadas outras bandas que tocam samba e marchinhas? Por que não agradar também quem não gosta tanto assim de axé e prefere o carnaval mais mineiro?

Outra questão importante a ser levantada são os gastos que a Prefeitura terá com transporte, alimentação e estadia, sem contar os cachês de 5 bandas com vários integrantes e ajudantes!

Organizadores, ajam com equilíbrio no gasto do dinheiro público! Tenham responsabilidade e sensibilidade cultural!

E novamente questiono: - Para que um evento tão grande numa cidade tão pequena e delicada? Além do mais, Conceição não tem infra-estrutura para ter seu carnaval transformado em um agito desse porte e receber um número excessivo de visitantes.

Agora, o pior de tudo, o que mais temo, é o barulho, que possa vir a incomodar toda a cidade, que tem muitos idosos, e transformar 4 dias que seriam de descanso e lazer em uma tortura auditiva. Espero que esse aspecto seja observado pelas autoridades locais e organizadores do evento e que carros de som não fiquem fazendo barulho na cabeça de quem não gosta, não quer ou precisa dormir. Que o som seja restrito ao local do evento e que não atinja e perturbe toda a cidade de forma indiscriminada. Que seja feito um trabalho para coibir carros de som passando a todo momento pelas ruas da cidade com o volume nas alturas, pois as pessoas também querem e precisam descansar.

Na última vez que visitei Conceição, durante o feriado de Natal, um carro de som com o volume nas alturas, passava a todo momento na porta da casa dos meus pais, onde me hospedo, impossibilitando a todos descansar.

E eu pergunto novamente: - Você acha que é certo que várias pessoas sejam prejudicadas por atitudes inadequadas de quem não se preocupa com a coletividade? Barulhos desse tipo espantam turistas e visitantes e torturam os moradores que não têm para onde fugir! Quem visita Conceição busca descanso, paz e harmonia. Quem gosta de barulho e confusão, vai para outro lugar.

Por isso, acho que Conceição do Mato Dentro tem que ter uma lei municipal que limite o barulho na cidade, uma lei que determine os níveis de decibéis que podem ser atingidos de forma a garantir a saúde auditiva e mental da população, pois som muito alto deixa qualquer pessoa doida, além de ensurdecer .

Acho ainda que a população tem que cobrar isso dos vereadores eleitos por ela. Eles foram eleitos para cuidar dos interesses do povo e não apenas para ir mensalmente receber uma polpuda remuneração por dois ou três dias de trabalho. Atenção, senhores vereadores, vamos trabalhar em prol da qualidade de vida da nossa população! Vamos colocar limites onde eles são necessários!

Escrevo estas palavras com o único objetivo de pedir que cuidem e tenham sensibilidade com nossa pequena Conceição e para chamar a atenção sobre detalhes que nem sempre são vistos e observados por aqueles que foram eleitos para desempenhar esse papel. Detalhes importantes para que a nossa cidade continue sendo um lugar agradável para todos.

Outro aspecto que deve ser ressaltado é que em tempos de crise econômica mundial não combina gastar fortunas com eventos grandiosos. Estamos em tempo de vacas magras e que para muitos nunca foram gordas. É preciso que se prevaleça o bom senso e a consciência ecológica e de civilidade. O momento é de se fazer economia, viver com mais simplicidade, descobrir a beleza, o prazer e o retorno que as pequenas coisas podem proporcionar.

Vivemos num mundo de consumo exagerado e ao mesmo tempo com bilhões de pratos vazios e uma natureza cada vez mais desrespeitada. Temos a obrigação de fazer nossa parte. Até porque, não combina se gastar tanto com uma megafesta se temos uma cidade carente de muitos cuidados em todas as áreas e cheia de pessoas carentes de tudo, desde saúde até educação.

Senhor Prefeito, fica aqui minha sugestão: vamos privilegiar a nossa cultura, resgatar o carnaval mineiro de sambas e marchinhas, como já vem sendo feito nas cidades irmãs de Ouro Preto, Sabará e Diamantina, que não permitem que se toque funk nem axé no carnaval.

Acho até que nem é preciso radicalizar tanto. Pode até ter um pouco desses gêneros musicais também, mas, só eles, não!

Já que neste ano não dá mais para voltar atrás, pois o carnaval começa nesta semana, espero que os projetos do carnaval do próximo ano sejam construídos com mais simplicidade e que visem o prazer e desfrute principalmente dos que vivem em Conceição. Que a população seja ouvida durante a elaboração de projetos desse tipo. Que o próximo carnaval seja concebido de dentro para fora e não voltado apenas para aqueles que visitam nossa cidade unicamente nesta época.

Outra, coisa, Prefeito, espero que o senhor seja sensível a estas observações e que se comprometa a governar nossa cidade com projetos que consigam enfrentar a realidade nua e crua de nossa população, composta por grande número de excluídos que às vezes não têm nem mesmo o que comer. Que o senhor consiga ser um gestor sensível e que trabalhe para construir uma cidade onde todos tenham direito á educação, saúde, uma melhor qualidade de vida e que seja cuidada com carinho e sensibilidade como ela merece.

O senhor que participou e venceu uma eleição difícil e contou com o respaldo da maioria dos conceicionenses, deve aproveitar essa oportunidade para realizar um bom governo que atenda as reais necessidades do município, como esperam aqueles que o elegeram e acreditaram em suas propostas.

E é isso que vamos cobrar!

81 comentários:

fernando rajão disse...

Deborah,

Brilhante, pertinente, inteligente, oportuna e sensata observação sobre o carnaval axé em CMD.

Vamos todos torcer e colaborar para que o Prefeito faça uma ótima administraçao voltada para o bem público e o interesse da toda a população, mas, de acordo com a realidade do momento atual.

Abrs.

Fernando Rajão

Kelma Medrado disse...

Deborah,
concordo plenamente que as festas em CMD sejam elaboradas de acordo com a cultura do território, com as raízes que trazemos, pois história é o que não nos falta! Cada vez mais as pessoas procuram lugares que ofereçam produtos diversificados, que saiam da oferta de massa.
Nós queremos cultura mineira de qualidade! Com a nossa cara e do nosso jeito!
Abrs
Kelma Medrado

Simone disse...

Deborah,
Bastante oportuno o seu comentário.Nasci no Morro, mas me considero tb conceicionense, realmente Conceição não tem estrutura para esse tipo de "megaevento". O que precisamos resgatar é o carnaval puro, alegre,saudável, aquele das marchinhas e tb o de rua que tinha o objetivo de unir as famílias, confraternizar... muito bacana e oportuno o seu comentário. Bjo! Simone tomaz

Ana Paula disse...

Déborah, me parece que as informações que você tem acerca do carnaval não coincidem com a real programação. Não são 5 bandas da Bahia e sim 6 bandas de BH, que tocam não só axé mas todo tipo de música (inclusive o samba que você citou!). Há anos, o carnaval de Conceição deixou de ser somente de sambinhas e marchinhas e, em 2007, quando tentaram resgatar o "carnaval cultural" foi um fiasco, gerando insatisfação geral entre os turistas que, em sua maioria, são jovens dispostos a PULAR os 5 dias de carnaval. (Para confirmar esta informação, basta acessar: http://www.orkut.com.br/Main#CommMsgs.aspx?cmm=257324&tid=2515153155145561895)
Quanto ao trio elétrico, ele não saírá pelas ruas da cidade com som alto incomodando a população que não gosta de carnaval, ele servirá de palco e ficará fixo no local que sempre foi o carnaval: a Praça Ubaldina!
Ou seja, de diferente mesmo neste carnaval só teremos a Boate, cujo acesso é restrito a quem gosta e paga por este tipo de música.

Simone Rajão disse...

Deborah,
vc está sempre pontuando observações necessárias. Aqueles que AMAM o AXÉ e a MUVUCa carnavalesca podem visitar a vizinha D. JOAQUIM que ficarão a contento.
Mas nossa querida CMD, não merece tamanha invasão e furdunço!
abrs! moninha

Renata disse...

Deborah,
Criticar uma festa popular pela sua "grandiosidade"? Dizer que preferia que fosse "simples"??? É sério mesmo?
Criticar um carnaval por ter "5 bandas"? Preferia só uma????
Reclamar que haverá barulho no Carnaval, a festa mais popular do Brasil?
Falar que a cidade tem idosos? Copacabana é o bairro com maior concentração de idosos do Rio de Janeiro e tem, "tradição" em Reveillon e os cariocas se orgulham ano a ano de ter o maior Reveillon do mundo.
"Por que conratar axé"? Provavelmente, por que é o ritmo de carnaval que mais faz sucesso no Brasil inteiro, que atende a maioria, entidade cujos direitos devem ser priorizados por qualquer estadista.
Pois sempre haverá o chato ou recalcado de plantão que não gosta de coisas grandiosas, de variedade de bandas, do que está fazendo sucesso, que se apressa em criticar sem se informar direito e etc. Faz parte...
Se há alguma possibilidade de melhorar a vida da população de conceição é estimulando o turismo da região, desta forma me parece brilhante, pertinente, inteligente, oportuna e sensata a iniciativa do prefeito.
Em resumo: coerente com os tempos que vivemos.

Ramon Ferreira disse...

Bm dia ,Querida Débora!
Adorei o seu blog..e muito pertinente nas considerações tecidas sobre o carnaval de CMD.
Que bom existem pessoas como vc,com essa sensibilidade e preocupação com nossa amada Coceição.
Um grande beijo...
Até breve

Anônimo disse...

Parabéns pela iniciativa, Deborah.Assino em baixo com relação ao carnaval. Pode deixar que vou repassar esta matéria, inclusive pra Salabim, que organizou e que é hoje o chefe de gabinete desta gestao.
Um beijo
Filó

Cathwillows disse...

Vc falou TUDO o que eu queria falar! Tô engasgada com este Carnaval até agora!!!

Dinheiro gasto á toa, apenas para queimar o filme da nossa cidade!

Gosta de axé, vá pra BAHIA!!!!

E não são 5 bandas? São 6? E não tocam só Axé? Tocam funk e o que mais? Ah tenham a Santa Paciência!

João Bosco Miquelão disse...

Prezada Déborah

Hoje está provado que as vibrações ocasionadas pelo som alto provocam muito mais danos nas paredes e telhados das construções antigas do que nas edificações modernas, porquanto estas últimas são constituídas de menos argila e estão expostas há menos tempo à luz solar.

O som grave, de frequência baixa, ao contrário do som agudo, de frequência alta, não se reflete numa parede, e, ao atravessá-la, pode deslocar as pedras e danificar a argamassa centenária.
Além disto, a trepidação de um grande número de pessoas dançando na mesma cadência atrás de um trio elétrico pode provocar também danos nos telhados das casas antigas.

Deixo-lhe meu abraço e apoio incondicional.

João Bosco

Flora disse...

Nada me agradou receber as notícias sobre o carnaval de Conceição este ano.

O carnaval de nossa cidade não é o mesmo há tempos. Mas não há como negar que, com a megaprodução deste ano, o prefeito quer dar os moldes de um supercarnaval, como o de Diamantina para CMD. Temos suporte pra toda essa grandiosidade?

Concordo que estimular o turismo é um ótimo meio de buscar o avanço em CMD, mas cabe ao governante escolher qual tipo de turista ele quer atrair para a cidade!

- Axezeiros, que consomem e curtem a micareta, sim, mas que acham que nossas cachoeiras são as áreas de churrasqueira do quintal de suas casas, destruindo o que temos de mais valioso: nosso patrimônio natural ?!

- Pessoas conscientes, que prezam a cultura local, preservam e valorizam nossos verdes e águas ?!

Posso estar sendo preconceituosa, posso estar sendo utópica. Mas é nítido o rumo que o turismo de Conceição tem tomado, que de "Eco" não tem nada.
Não estou inventado nada da minha cabeça, estou apenas escrevendo o que tenho visto acontecer com a cidade que tanto amo ao longo desses anos.

Cabe aos governantes escolherem o tipo de turistas que vão atrair, de acordo com o tipo de evento que vão promover.
Isso é fato!

Eu mesma não vou passar o carnaval em Conceição este ano, por querer estar mais próxima da natureza e do silêncio, já sabendo que Conceição estará tomada de barulho e cachoeiras aborradas de pessoas, lixo e carros de som tocando funk quase dentro dos cursos d'agua.

Foi o que vi ano passado e me fez voltar triste de Conceição.
Que Deus cale minha boca e isso não se repita este ano.

Abçs,
Flora

frases disse...

Bom, depois de ler todos os pontos das preocupações de todos, acho muito valido, venho esclarecer mais algumas coisas e aliviar os seus corações. Realmente o carnaval de CMD será inesquecível, são 6 bandas- não por dia e sim divididas nos 5 dias de festa, as melhores de Minas que irão atrair muitos visitantes, girando dinheiro, criando emprego, melhorando a renda do nosso povo. É pra isso que o turismo está aí. Essas bandas além de tocar axé, ritmo do carnaval de CMD desde pelo menos 95, também tocarão samba, marchinhas, funk...como sempre foi a programação musical da nossa querida Conceição, quem vem sempre já está acostumado. uma inovação a boate? Sim, irá agregar valor a nossa festa. Musica alternativa, tem o segmento que gosta desse tipo de música.
A tradição também está presente: Banda Lyra, maravilhosa animando nosso carnaval e a nossa Escola de Samba Unidos da Band, que há quase 15 anos vem enfeitando a avenida no nosso carnaval. Sobre o volume do som para não abalar o nosso casario, tenha certeza, todas as providências e precauções já foram tomadas para que possamos ter uma das melhores festa de Minas sem prejudicar nossa história e tradição. Nosso prefeito, eleito pelo povo, com toda certeza irá fazer de Conceição uma cidade mais digna: saúde, educação, acesso...tanto é assim que toda a cidade está em obras, passa por limpeza, as escolas serão adequadas e suas carências sanadas; mas também oferecerá as melhores festas para atrair turistas e gerar emprego, melhorar a renda e a auto estima das famílias.
Vamos esperar, temos menos de um 2 de administração e olha só quanta mudança né? Ele é sensível sim e cuidará muito bem da nossa terra simplesmente pq ele ama essa terra, ele é filho dela tb assim como todos nós.

frases disse...

Bom, depois de ler todos os pontos das preocupações de todos, acho muito valido, venho esclarecer mais algumas coisas e aliviar os seus corações. Realmente o carnaval de CMD será inesquecível, são 6 bandas- não por dia e sim divididas nos 5 dias de festa, as melhores de Minas que irão atrair muitos visitantes, girando dinheiro, criando emprego, melhorando a renda do nosso povo. É pra isso que o turismo está aí. Essas bandas além de tocar axé, ritmo do carnaval de CMD desde pelo menos 95, também tocarão samba, marchinhas, funk...como sempre foi a programação musical da nossa querida Conceição, quem vem sempre já está acostumado. uma inovação a boate? Sim, irá agregar valor a nossa festa. Musica alternativa, tem o segmento que gosta desse tipo de música.
A tradição também está presente: Banda Lyra, maravilhosa animando nosso carnaval e a nossa Escola de Samba Unidos da Band, que há quase 15 anos vem enfeitando a avenida no nosso carnaval. Sobre o volume do som para não abalar o nosso casario, tenha certeza, todas as providências e precauções já foram tomadas para que possamos ter uma das melhores festa de Minas sem prejudicar nossa história e tradição. Nosso prefeito, eleito pelo povo, com toda certeza irá fazer de Conceição uma cidade mais digna: saúde, educação, acesso...tanto é assim que toda a cidade está em obras, passa por limpeza, as escolas serão adequadas e suas carências sanadas; mas também oferecerá as melhores festas para atrair turistas e gerar emprego, melhorar a renda e a auto estima das famílias.
Vamos esperar, temos menos de um 2 de administração e olha só quanta mudança né? Ele é sensível sim e cuidará muito bem da nossa terra simplesmente pq ele ama essa terra, ele é filho dela tb assim como todos nós.

Saulo disse...

Temos de nos unir, para que este tipo de evento não aconteça mais em CMD , no futuro. É uma pena!.

REALMENTE É ISSO QUE NOSSOS GOVERNANTES QUEREM PARA CMD?

VAMOS TODOS AQUI NESTE ESPAÇO NOS MANIFESTAR CONTRA ESSAS ATITUDES DESENFREADAS E MEGALOMANÍACAS.

NÃO VAMOS DEIXAR ACABAR COM CMD. BASTA A MINERAÇÃO, PARA COMEÇAR A DECADÊNCIA DA NOSSA CIDADE.



Atenciosamente,
Atenciosamente

Saulo Rajão

Cia das Pastas

31-3441-8610/9950-9970

www.ciadaspastas.com.br

0% Paciência disse...

Quer cultura? Vá ao teatro!
Carnaval é festa do povo e tem que tocar o que o povão gosta mesmo!
Já era pra vocês terem aprendido que quem manda é o povo, ele que escolhe o que é ou não melhor pra cidade e não esses grupinhos de intelectuais naturebas que não aguentam ver o progresso chegar à cidade em que não vivem, não votam, não trabalham nem pagam impostos! Fácil querer preservar algo só falando! E o pior: falando mal de uma festa que nem aconteceu ainda e ainda repassando informações erradas! "Ah, tenham a Santa Paciência!"

Anônimo disse...

Se é dinheiro da prefetura tem que falar quanto vai custar, e se for doação tem que dizer quem deu o dinheiro para não ter rabo preso com ninguem.

Virgínia disse...

Olá Débora,
Concordo com tudo que você escreveu e agradeço como conterrânea.
Espero que seja ouvida como cidadã .
Abraços,
Virginia.

Anônimo disse...

Parabéns Deborah pelos comentários pertinentes sobre o Carnaval.

Agora veja bem, o Carnaval com toda sua estrutura nem começou e já quebraram a Estátua da Praça do Maranhão, imagine o pode acontecer quando a boate estiver funcionando no CARNAVAL. Uma grande estrutura no meio de uma praça?

Não é absurdo?

Anônimo disse...

0% Paciência devia ser pelos menos 1% Cidadão!
Será que ele espera ganhar uns trocados com a bagunça que pretendem formar em CMD?
Naturebas mal informados?
Ele sabe que esse tipo de evento chegou a abalar seriamente algumas casas de Paraty, RJ?

Flora disse...

Um viva à paciência...
e à Liberdade de Expressão!

Anônimo disse...

Debinha, voc~e e´muito coerente e quer o bem de todos e de conceição sem mexer com politica.

Olha o que você escreveu no ano passado. estava adivinhando?
...............................
"Apenas lamento que essa cidade h
istórica, possuidora de belas paisagens e de uma generosa natureza, que possui ainda um povo hospitaleiro e acolhedor, não venha recebendo o cuidado que merece.

Ao andar pelas ruas de Conceição é impossível não nos depararmos com buracos no asfalto e nos demais tipos de calçamento. O prédio sede da Prefeitura Municipal, tombado como patrimônio histórico, está quase caindo, sujo, maltratado pelo tempo e pela má gestão e negligência de seus administradores. A Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição, padroeira da cidade, tombada também como patrimônio histórico, está prestes a, literalmente, tombar ao chão. O único hospital da cidade opera sem material suficiente para atender os pacientes dignamente.


Mas, ainda há esperança. No próximo dia 3 de Janeiro, toma posse um novo prefeito. E nós, sinceramente, esperamos que nossa cidade renasça das cinzas e receba o carinho e a atenção que merece. Queremos ver os prédios públicos bem cuidados e recuperados, as escolas melhorando e ampliando o atendimento, as ruas limpas e sem buracos, o dinheiro público sendo aplicado em prol da população e não em prol de poucos, raros e corruptos personagens da cidade. Queremos melhores condições de vida para as pessoas menos favorecidas de nossa comunidade. Queremos mais saúde para nossos doentes.


A união e o olhar atento e crítico de todos que amam Conceição do Mato Dentro agora são mais importantes que nunca, uma vez que as empresas mineradoras resolveram literalmente invadir a praia de nossos rios, e agora, com a anuência do Estado, já que o Conselho Estadual de Política Ambiental-Copam, concedeu licença prévia para a exploração de minério em larga escala em nossa região.


Os impactos serão vários: sociais, culturais, patrimoniais e principalmente ambientais. E tudo isso tem como contrapartida o enriquecimento de grandes empresas multinacionais, que aqui se instalam à procura de mais grana e poder , apoiados por homens eleitos por nós e financiados por elas.


Mas nós vamos ficar de olho. E cobrar. Porque a União faz a força. Não vamos deixar que destruam nossa história.


Feliz 2009, Conceição!!!!

Cacá disse...

Parabéns pra Débora por defender as tradições de Conceição com competência e formosura peculiares às mulheres de lá. Eu assim fico aqui em Miami, na verdade mais por falta de opção que por escolha. Com tanta chuva, passagens caras e muitas obrigações por aqui, não é fácil pra mim e Sintia debandar para Conceição com quatro filhos na bagagem pra ficar tão pouco tempo. Mas mesmo estando longe me preocupo tanto quanto voces que estão aí. Todos os conceicionenses temos esse sentimento de carinho com nossa cidade, e o desejo de mantê-la linda e aconchegante como sempre foi. Sobretudo me preocupo com o bem estar dos conceicionenses, tantos amigos e pessoas que levamos incrustadas na alma. Zinahs, Célias de Otaviano, Nilces, Marocas, Dalvas, Raimundas de Venâncio, Mirtilas, Lenices e Zaides espalhadas pela cidade, irradiando seu brilho e ensinando essa maneira linda de ver e viver a vida. Tenho escutado muitas coisas que me deixam preocupado com o futuro de nossa cidade: crescimento desordenado, projetos de mineração e suas consequencias nada favoráveis à qualidade de vida das pessoas, axé em quantidade suficiente pra concorrer com a Bahia, e por aí vai. Eu de longe fico pensando o que fazer com os meus planos de em breve assentar um pé em Conceição, só para tomar coragem e votar de mala e cuia. Isso tudo com o incentivo da Síntia, que todo dia apressa o projeto da volta. Aliás, volta nem é a expressão exata. Afinal, Miami pertence à grande Conceição, e assim sendo eu nunca saí. Garanto que não há dia em que não subo e desço a rua Daniel de Carvalho, corro o olho na janela de minha sala de quarto ano no Daniel de Carvalho, saio e entro mil vezes na casa no Largo do Rosário onde deve estar enterrado bem fundo o meu umbigo. Em fins de semana defruto do movimento do mercado, jogo uma pelada na Inhalina, dou um mergulho no Poção e a um pulinho no Ouro Fino. E pra quem pensa que morar longe é ruim demais, ai vocês têm um jubileu por ano, aqui o meu não acaba nunca. Não sei se é minha imaginação, mas todo escuto o estrondo do foguete acordando os fiéis pra missa das cinco. Quando não estou com preguiça até subo as escadarias do Matozinhos para comungar. E vou contar um segredo, depois de velho comecei a sair na marujada do Zé de Guiomar, meio sem jeito, mas feliz da vida.Afinal, quem nasceu ao lado de Nossa Senhora e debaixo das bençãos do Bom Jesus, cresceu pisando as pedras irregulares do Largo do Rosário e tomando garapa no Ouro Fino nao consegue nunca sair de lá. Nem que queira. Um abraço, e um carnaval com muita alegria pra todos vocês. Cacá

Sarrata disse...

Ja diziam os mais velhos CADA POVO TEM O ADMINISTRADOR PUBLICO QUE MERECE e CHAPEU DE TROCHA E MARRETA entao porque os Conceicionences estao asustado se foram eles que por maioria(duvidosa) escolheram esse ai como prefeito pros proximos 4 anos se os mesmos tiveram a oportunidade de vida melhor e jugaram urna abaixo ou melhor rio santo antonio.

Anônimo disse...

Parabenizo imensamente a conterrânea Deborah Rajão ao mencionar através dessa reportagem preocupações sensatas e por expressar observações pertinentes e muito bem fundamentada.
Sou a favor de um bom carnaval! Sou a favor da folia saudável!
Sou a favor da cultura!
Sou a favor da música!!!
Mas sou muito mais a favor de uma Conceição do Mato Dentro natural.
Uma Conceição simples, tranquila e acolhedora...
Torço por uma Conceição melhor a cada dia, independentemente de quem esteja governando politicamente, pois os verdadeiros governantes somos nós cidadãos,agregados e filhos dessa nossa tão querida terra!

Gostaria de parabenizar o comentário do Cacá ... você foi fundo e muito feliz ao se expressar! Agradeço ao mencionar e lembrar da minha Avó Marocas é um orgulho imenso... sem palavras!

Fiquei satisfeita em ver tantas manifestações proveitosas e coerentes a favor de Conceição do Mato Dentro, espero que aumente cada vez mais, e que Conceição continue sendo a nossa tão querida e amada cidade!

RENATA VIDIGAL GUIMARÃES

Ana Paula disse...

Festa popular = festa do povo!
Carnaval é uma festa que deve respeitar o "gosto do povo" e isto foi observado ao ser escolhida uma programação eclética (teremos bandas que tocam de tudo e ainda boate para quem gosta de música eletrônica) e que mantém a tradição com o desfile da Banda Lyra da Paz (marchinhas antigas) e da Bateria da Unidos da Band!
Pedir mais "cultura" em pleno carnaval é igual pedir Wander Lee (que eu amo!) no Forró do Campo (ou ao fundo da cavalgada!) ou trazer Calcinha Preta no Projeto Matriz! São festas distintas, com particularidades e público distintos, e isto deve ser, no mínimo, respeitado!
Como eu já disse, o trio elétrico ficará fixo na Avenida, como um palco, e as pessoas que não curtirem o ritmo da banda que estiver se apresentando, terão como sempre a opção de ir para outro local da cidade (bares alternativos), curtir a tranquilidade que almejam em companhia dos seus. E se gostarem, como dizem, de marchinhas e samba, é só chegar mais cedo à avenida pois o desfile diário da Banda Lyra da Paz está programado para as 21 horas!
Ah, quanto a sujeira e desrespeito ao sossego, infelizmente, não são só turistas que têm este tipo de atitude não! Vamos curtir a festa da melhor forma possível e guardar as críticas, se estas surgirem, pra quando ela acabar, ok?

Anônimo disse...

Deborha,
Na verdade nem sabia que vc é de conceição,pq pela foto vc ta mais pra uma nativa de alguma aldeia indigena , e me desculpa a franquesa vc deve uns 85 anos.......sei q algumas pessoas idosas, como vc nao estao acustamudas com uma boa festa, pois no passado as coisas eram diferentes!!!!!!So que estamos em 2009 , e voce bem que podia ter evoluido, mas pelo visto e um zero a esquerda!!!!!!!!
Pode ficar tranquila que o primeiro projeto de lei que a camara vai colocar em pauta vai se a consruçao de um azilo e para te tranquilizar vai ter tb a area galba veloso, assim ano que vem contamos com sua preçensa com uma estrutura adequada e compativel com sua pessoa!!!!!!!!!!!!
SUCESSOO E TD DE BOM...........

Juci disse...

É isso aí Deborah, concordo com você. Já chega a mineradora que temos que engolir!!!!!

Guilherme disse...

Voce escreve bem Deborah mas infelizmente desconhece os fatos.

O povo que gosta mais de AXE que o baiano é o povo mineiro.

Temos micareta em todo o estado durante todo o ano.

E isso nao é uma coisa que eu estou falando nao. Isto é um fato comprovado por produtores de eventos. Constantemente é divulgado na midia especializada.

Outra coisa, eu nao acredito que vc representa a maioria dos conceicionenses quando diz que nao queremos uma festa assim.

Eu e todos os meus amigos queremos uma festa assim. Alias, vc foi a primeira pessoa que eu ouvi falar algo contra.

Anônimo disse...

Déborah,

Esse anônimo que escreveu às 8:54 merece piedade, pois não sabe o que diz.

Aliás, ele também não sabe escrever, pois quem escreve asilo com z (azilo)tem alguma deficiência ou é mesmo asno...

Anônimo disse...

Déborah,

O anônimo que escreveu às 8:54 de hoje merece nossa compaixão, pois não sabe o que diz.

Ou melhor, tem que aprender mais um pouco para não sair dizendo besteiras.

Não é de se admirar o fato de ele gostar de axé, achar você com cara de índia e estimar sua idade em 85 anos. Ora, quem escreve asilo com z (azilo)é capaz de qualquer desatino.

Flora disse...

Isso aqui já tá ficando divertido de ler!

Ô meu povo, a Deborah deu a opinião dela. Atacar pra quê? Tbm dei minha opinião que pode ser opinião de natureba alternativo, sim. Mas é minha opinião! Não estou falando de política.
Aliás, tenho certeza que esse carnaval vai ser maravilhoso! Muito melhor que todos os últimos. O "povo" vai amar! Vai ser um sucesso, sem dúvida alguma.

Mas dentro dos meus gostos, não é um bom carnaval para Conceição.
Estou falando do meu gosto, das minhas utopias, que consiste em ver Conceição inundada de cultura, sim. Mesmo sem ter teatro! rs

Quem está certo? Quem está errado? O que é certo ou errado, afinal?

Discussões sadias fazem parte. Opiniões... Esse tipo de fórum serve pra isso.
Mas atacar a Deborah, não coitada, cadê o respeito?
Afinal, ela é uma senhora índia, de 85 anos! Tem que respeitar!


;)

Evandro disse...

Poís é Deborah, o problema não é apenas o axé. A Administração está batalhando para realizar um mega evento, várias atrações, grande estrutura, previsão de grande público, ou seja,um carnaval para a história, mas acredito que isto não basta.
Devemos fazer alguns questionamentos, a cidade tem estrutura para um evento deste tamanho? Segurança- O Policiamento vai receber reforço? Saúde- Eventos como este exigem mais médicos, mais enfermeiros, mais ambulancias, vai ter? Infra-estrutura- Banheiros? vai ter o número de banheiros suficientes?- Corpo de Bombeiro- a Estrutura foi avaliada pelo Corpo de Bombeiro?
A Boate- o conselho de Patrimônio autorizou a realização da boate na Praça?
Eu realmente não sei, mas se foram tomadas medidas necessarias já é um bom caminho,
Um abraço Deborah///

Cathwillows disse...

Flora! Eu te amo!

E não temos que pensar só no "povo" não! Temos que pensar na cidade! Na estrutra da cidade pra aguentar algo assim!

E mineiro gosta de axé? Ok, tem gosto pra tudo, mas isso não quer dizer que tem que inundar uma cidade tão linda e com fama de até então ser culta com este tipo de música, que venhamos e convenhamos, o povo pode gostar, pode se acabar de dançar e sei que faz muito sucesso Brasi afora, mas que de qualidade não tem NADA! A questão colocada aqui é que está uma programação com axé de mais e qualidade de menos! Tem que ter axé? Sim, tem, pq o povo gosta ( infelizmente, na MINHA opinião), mas tem que ter bom senso e não exagerar em nada!
Eu estarei em CMD neste Carnaval e como sempre vou gostar de estar lá, pq é a MINHA CIDADE, onde morei durante 19 anos e tenho um carinho enorme! Mas que é MUITO PERTINENTE esta questão colocada aqui no blog É! SEM DÚVIDA!
Fico preocupada no que pode dar no fim das contas este MEGA CARNAVAL, mas torço, do fundo do coração, que estejamos enganados e que quebremos nossas caras por sermos contra este tipo de evento!

Ana Paula disse...

Evandro, só pra constar:
A resposta pra todos seus questionamentos é SIM. A estrutura, obviamente, foi uma das preocupações da organização. Mas, se você tiver mais alguma dúvida e quiser esclarecê-la, sugiro que procure o Ministério Público local pois foi enviado para lá um relatório minimamente detalhado com as respostas de todos esses questionamentos.
Obs: Qualquer dano causado ao patrimônio será, obrigatoriamente, restaurado pela empresa produtora do evento.

Anônimo disse...

Gente acho que não é pra ofender.A liberdade de expressão sim, mas respeitar os outros tb faz parte da democracia.
O patrimônio estará resguardado tanto pelo MP quanto pelo Conselho do Patrimônio local que pelo que conheço é muito atuante e sempre elogiado pelo IEPHA e IPHAN.O MP mandou uma série de medidas a serem tomadas pela atual adminitração que seguiu todas. A questão do carnaval pra quem vive fora de CMD é fácil falar, mas os que vivem aki estam felizes, super satisfeitos e orgulhosos por terem um carnaval que com certeza se destacará na região. Felizes por poderem festejar e brincar um carnaval de qualidade. E isso essa minoria aki não pode achar que tem mais direito a alguma coisa do que a massa que vive aki e quer deseja esse carnaval que está sendo pensado pra eles. Há muito tempo que o povo não se anima tanto com uma festa popular, do povo para o povo. Então vamos para de demagogia? Parem de tentar querer que a CMD da distante infancia de vcs volte pq já faz muito tempo que ele mudou. A mudança não está começando agora não.Seja muito bem vindo BRENO COSTA e suas festas maravilhosas, e que mostre pro povo, que se julga elite, que essa CMD aki é do povo, da maioria.

Anônimo disse...

Oi Evandro,
Sim o projeto foi aprovado pelo corpo de bombeiros que passaram aki um dia inteiro avaliando e o projeto tá ok pra eles. Sim os banheiros já estam na praça e em locais diferenciados. Sim há postos médicos na área do evento. Sim há reforço policial e seguranças contratados. E não foi o Conselho mas o MP que fez algumas recomendações em relação ao patrimônio do entorno que foram seguidas a risca. O evento é grande sim mas a cautela tb.

Anônimo disse...

Deborah,
É de se lamentar muitíssimo o fato do julgamento precipitado, do pré-julgamento,do condenar uma festa antes da sua realização. Você, como boa profissional de jornalismo que é, obteve informações pertinentes e relevantes ao orçamento do evento, da administração ou dos oprganiozadores do carnaval? Se a atual administração dotou (ou procurou dotar) a cidade da estrutura mínima possível? Se está de acordo com as normas de segurança do copro de bombeiros e/ou polícia militar? Porque, respeitando (sempre) a sua opinião, o seu direito de opinar e o seu desvelo pelo nosso querido torrão, não posso concordar, entretanto, que se julgue, condene e execute sem permitir à outra parte (no nosso caso, a atual administração) que se defenda, ou melhor, esclareça os fatos.
Quanto a marchinhas e sambas, bom, se você tem vindo a Conceição pelo menos nos últimos vinte anos, sabe que esta é uma realidade que já não é a nossa. Nada contra, muito pelo contrário, adoro as marchinhas. Eu gosto, você gosta, muitos gostam. Mas a maioria prefere o axé (questão de gosto) cabe-nos apenas respeitá-lo e lamentar...

Anônimo disse...

Querem continuar brincando de fazer oposição, hem? Agora é o carnaval, e depois? O que será? Admitam que Conceição tem hoje um administrador de verdade e que vai fazer de Conceição uma cidade com a visibilidade que merece. Com ou sem a aprovação dos descontentes.

Frau Stu disse...

oi, Deborah!

é isso aí, mais cidadania e responsabilidade com o dinheiro público. Pena que seus detratores além de não saberem ler e escrever, ainda pensam como na Roma antiga: querem pão e circo.
bj!
ps: bj flora!

Anônimo disse...

Pão e circo!!!Infelizmentee..

Nossa terra, como é sabido, sempre teve recursos financeiros escassos.. como fica a saúde, a educação?
Quais serão os custos sociais, ambientais e financeiros para o municipio desse mega eventoo? De que forma a prefeitura está contribuindo financeiramente?
Temos saúde financeira para esse mega evento sem prejudicar as carências básicas da populução conceicionense?
Espero que nossa Conceição tenha festas maravilhosas sim,mas primeiro as primeiras coisas..

Evandro disse...

Como pode uma pessoa que não se identifica falar em liberdade de expressão?
O debate é válido sim, como já disseram anteriormente, devemos nos preocupar cp, a Cidade, espero que estejam pensando nela,.

Raphael disse...

Concordo com seu protesto se estiverem SUBSTITUINDO o carnaval tradicional de CMD por axé.Mas se o axé for apenas um "a mais",não há problema algum,visto que é um estilo musical genuinamente brasileiro.
Há espaço para todos

Anônimo disse...

Em primeiro lugar já está mais claro do que nunca que o objeto da discussão já deixou de ser o CARNAVAL e passou a ser política.
O Carnaval está sendo feito e programado para agradar a população que vive em Conceição, e infelizmente a maioria daqueles que deixaram os seus depoimentos não moram em CMD, e muito menos irá fazer diferença se a festa lotar as pousadas, gerar empregos e renda para os moradores, lógico todos eles saíram de Conceição para ganhar vida.
Falar em nome de toda uma população é muito perigoso e principalmente por se tratar de uma classe que é a minoria em Conceição.
Porque vcs que se dizem tão intelectuais e amantes de Conceição não mudam para cidade e vão de alguma forma contribuir para a melhoria de vida da população.
Porque Debora vc não continuou dando aula em Conceição? Porque hoje quem pensa em um futuro prospero e financeiramente vantajoso tem que sair de conceição?
PARA muitos é fácil condenar a mineração, o carnaval...........Condenar o progresso de Conceição......Lógico vcs preferem uma cidade pacata, sem muitas agitações para que vcs possam desfrutar de um feriado tranqüilo e silencioso.....
O PREFEITO DA CIDADE DEVE PENSAR GRANDE MESMO, FAZER AQUILO QUE É NÃO É FEITO HÁ ANOS, DEVE PENSAR GRANDE QUANDO REALIZAR FESTAS, DA MESMA FORMA QUE ESTÁ PENSANDO GRANDE EM CONSTRUIR UM GRANDE HOSPITAL EM CONCEIÇÃO.
Se for na mesma linha de raciocínio devemos proibir grandes Carnavais Em SALVADOR, OLINDA, OURO PRETO, DIAMANTINA E ETC....SÃO TODAS CIDADES HISTORICAS E MAIS VAMOS DAR FIM AO CARNAVAL DO RIO DE JANEIRO, POIS A CIDADE JÁ POSSUI TANTOS PROBLEMAS QUE GASTAR DINHEIRO COM O CARNAVAL É UM ABSURDO..........
Devemos engolir pessoas que tiveram que mudar para os USA para ganhar a vida dando palpite no Carnaval de Conceição? Será que esta pessoa que não tem tempo nem visitar o pais tem conhecimento da realidade que estamos vivendo aqui.....
Intelectualidade e Utopia não enchem barriga de ninguém......por isso tudo que for bem feito e trouxer progresso para CMD será bem vindo.......
Chega de meterem o pau em uma coisa que ainda nem ocorreu....alias isso para vcs é comum são todos utópicos..........
Desejo a todos um ótimo carnaval com muito axé ......E mais com a benção do Bom Jesus do Matozinhos.......

Cathwillows disse...

O triste é ver pessoas que defendem a cidade, mas não sabem ler um texto com atenção e consequentemente falam bobagens!

Ninguém aqui tá falando de política não meus queridos! Estamos falando DE CONCEIÇÂO DO MATO DENTRO e questionando SIM este carnaval, que não precisava ser tão grandioso para divertir os moradores e/ou turistas. Com metade do dinheiro que está sendo gasto neste carnaval ( não, eu não sei quanto é, mas tenho certeza que não é pouco!), dá para fazer muita melhoria na cidade, que está caindo aos pedaços! Confio no novo prefeito, e sinceramente tenho esperança nele, mas na MINHA opinião, ele deu uma passo MUITO ERRADO fazendo um carnaval deste porte para uma cidade tão pequena!
Eu entendo PERFEITAMENTE a opinião do ANONIMO que disse que pra quem tá fora é fácil querer sossego! Entendo pq morei aí e sei muito bem que a cidade não tem opções de diversão e que todo mundo fica contando os dias para chegar o carnaval e as outras festas, para ter agito! Entendo pq tb tinha raiva quando morava aí e as pessoas que vinham da capital e outras cidades grandes queriam sossego, paz e silêncio, e nós, que morávamos queríamos era música, agitação e diversão! Eu sou A FAVOR do Carnaval sim! EU não gosto de axé, acho abominável, mas a grande maioria gosta e temos que respeitar, ok. Mas poderia ser 1 banda tocando e as outras focadas em resgatar a cultura mineira, pq é ISSO que vai atrair gente pra CMD, mesmo que não sendo agora, de imediato! Temos que criar uma tradição de BOM CARNAVAL! Um Carnaval diferenciado, pq igual a este que teremos este ano, tem MILHÕES em MG e no Brasil. Eu sei que é fácil dar palpite morando longe, mas conselho eu vou dar assim mesmo: Poderiam ter organizado um Carnaval com blocos, com marchinhas e sambas enredo, como é feito no Rio e cidades históricas, blocos de rua, com pessoas fantasiadas ou não. Estes blocos poderiam percorrer as ruas da cidade, pq tenho CERTEZA que nenhum idoso ia achar ruim, iam até curtir! E o PRINCIPAL: O POVO tb ia! DUVIDO que o povo, povão, não ia se acabar nestes bloquinhos, iam se divertir tanto quanto na banda de axé! Falar que a cultura de marchinha acabou há muitos anos em CMD e deixar isso como fato consumado é RIDICULO! Acabou??? Vamos RESGATAR!!!! É CULTURA meu povo! E não é TEATRO não! Pq teatro até eu detesto! Coisa feia falar que acabou e tá acabado! Mentalidade pequena... infelizmente muitos tem!

Bom, é isso!
E lembrem-se! Este não foi um post POLITICO! A autora não teve e nem TEM a intenção de falar de política aqui! SEr contra ou a favor de prefeito nenhum! ESTAMOS FALANDO DA CIDADE!

Parem com picuinhas políticas! Isso já deu o que tinha que dar!

Anônimo disse...

Débora,
Deixo parabéns pelo post que a meu ver é completamente apartidário e democrático. Não o entendi como política e sim como zelo à nossa Conceição que de "mega" não tem nada. E é justamente aí que mora sua beleza. "Caprichos de belezas naturais, eternos casarões coloniais". Li o post e alguns comentários que muito me entristeceram pois vi alguns voltados para a defesa e não para a reflexão. Um abraço.
Narly Simoes

Guilherme disse...

A verdade é que muitos dos que criticam (e também dos que defendem) este carnaval estão fazendo isto por motivos políticos e não por interesse verdadeiro na cidade ou no povo. Muita gente escreve maravilhas para falar do amor pela cidade e criticar as mazelas, mas na verdade esta é escondendo com palavras bonitas o rancor da derrota. Criticam o carnaval pura e simplesmente para fazer política.

Eu sei que saúde e educação são muito importantes, mas não é só disto que o povo precisa. Alem de saúde e educação o povo também precisa de diversão. Nossa querida Conceição é uma cidade de população carente e não é todo mundo que tem recursos para ir a um show. Um carnaval deste porte é muito bem vindo porque atende as necessidades do povo.

Agora, para aqueles que criticam o excesso de AXE neste carnaval, que acham que isto não é cultura eu sugiro que leiam mais, que estudem mais e que principalmente se livrem do preconceito, pois qualquer manifestação artística, sendo boa ou não, é cultural. Vocês deveriam esquecer estes pensamentos elitistas e começar a aceitar que manifestações populares também fazem parte da cultura brasileira.

Vocês são livres para não gostar, mas o mínimo que se espera de pessoas “cultas” iguais a vocês é o respeito à cultura popular.

Anônimo disse...

Ana Carolina, você leu todos os comentários?
A marchinha que você quer, vai existir no carnaval!! Tá achando ruim porque vão ter TAMBÉM bandas que tocam o que a maioria quer, ALÉM das marchinhas??
Vai ter música pra TODOS os gostos e não apenas pros velhinhos, mas pra eles TAMBÉM!
Chega de politicagem, gente!

Flora disse...

"A utopia está lá no horizonte. Me aproximo dois passos, ela se afasta dois passos. Caminho dez passos e o horizonte corre dez passos. Por mais que eu caminhe, jamais alcançarei. Então, para que serve a utopia? Serve para que eu não deixe de caminhar!"

.
.
.




Reiterando que estou falando dos meus gostos. Detesto axé. Poderia estar em Salvador agora, mas decidir voltar antes do carnaval.

Detesto política.

Se for pra falar de política, pessoal do Breno (e me incluo dentro dele, já que é prefeito da cidade que eu amo, eleito pela cidade) a contribuição que posso dar como estudante de Arquitetura e Urbanismo, é a sugestão de contratarem bons profissionais urbanistas para fazerem um Plano Diretor coerente com a cidade - principalmente relativo às questões ambientais, e colocá-lo realmente em prática.

Falo isso do fundo do meu coração, que está se tornando um coração de um profissional urbanista! Coração de um profissional urbanista e amante de Conceição, que fica muito triste ao ver o crescimento desordenado que está acontecendo na cidade.
Principalmente no alto da Vila Caetano. Casas aparecendo sem ruas traçadas, sem limites definidos, invadindo a área do Parque do Salão de Pedras. Para não dizer mais...

Um projeto urbanístico é imprescíndivel pra uma cidade crescer organizadamente e humanamente, inclusive. Pode parecer bobo, mas posicionamento de ruas, faz toda diferença! As chuvas estão aí, derrubando casas para me confirmar.

Creio que o prefeito já deve estar atento à isso. Mas se é pra falar de política, não custa pontuar onde posso acrescentar.

Aliás, adoraria ser estagiária nessa questão. :)

Vendido meu peixe, fica aí minha contribuição política que de utópica, alternativa e natureba não tem nada!
Vou amar se me procurarem pra cooperar nessas questões.

Abraço pra quem é de abraço
Beijo pra quem é de beijo!

camila scarabelli disse...

Deborah, gostei muito da máteria, sou estudante de tursimo e concordo que cmd não tem capacidade para receber as pessoas que estão esperando,,, mas isso já é um problema de infra estrutura que toda cidade em expansão tende a passar.Bom não sou contra a este mega evento, sou a favor pois pode fazer com que a cidade volte a ser o que era antes e não funcionar somente como dormitório. Os turistas precisam conhecer, desfrutar para gostar e voltar. O lucro disso permanecerá nas divisas! eu so não gostei da generalização, carnaval é mundial é festa é barulho e infelismente axé,portanto cair na festa é importante socialmente...

Anônimo disse...

Deborah,
estou estarrecido com o comentário de um ser anônimo q lhe classificou
de índigena e lhe deu a idade de 85
anos...RS.. 85 anos deve ser a idade mental de tal índividuo,que no,esplendor de sua caduqice não entendeu e nem poderia ,a amplitude e boa intenção do seu blog.Protesto,protesto veementemente contra a falta de cultura e porque não da burrice de tal cidadão q nem sequer...teve a hombridade de se identificar.Vc pessoa humana maravilhosa e profissional competentente merece todo carinho e respeito desses anonimos fajutos.Quero deixar bem claro q não tenho intenção de criticar partidarismo de nínguem,agora políticas q envolvam nossa cidade,sim estou de olho.
Com admiração e carinho,
Ramon Ferreira.

Anônimo disse...

Para maior esclarecimento com a metade do dinheir gasto no carnaval de 2009 não realizaria nem o carnaval realizado em 2008, não confundam um bom caranaval com muito dinheiro, o prefeito é competente o bastante para realizar um otimo caranaval sem grandes gastos, alias é ai que faz a diferença de um administrador...procuram saber quanto foi gasto neste caranaval e no anterior.......a grandiosidade e qualidade é imensamente maior, mas o valor gasto não.

moreiraw disse...

Deborah,
Gostei muito da forma clara e conivente que expôs seu ponto de vista. Vc se mostrou, politicamente, imparcial, considerando outras publicações nesse blog. Fico satisfeito por pessoas cidadãs, se interessando pela sua terra natal! Não podemos permanecer escondidos e deixar de dizer aquilo que realmente queríamos dizer, de fazer as pessoas pensarem e levantarem as opiniões dos outros.
Éh, muito boa essa publicação. chamou a atenção de muitos. Uns por concordarem ou discordarem, plenamente ou em parte, outros por puro partidarismo político e enfim outros que querem caluniar, difamar...mais vazios.
Agora, com vários comentários, é hora de envolvermos mais como conceicionenses e levarmos a nossa colaboração. Apesar de não ser possível agradar a gregos e troianos ao mesmo tempo, resta-nos ser ponderados e respeitadores. Que continuemos preocupados com saude, educação, emprego, urbanismo, cultura e lazer, que preocupemos com conceição, sempre.
Ah, que belo saudosismo do Cacá e, que o Ouro fino continue ouro fino e com garapa.
Abraços.

Maria Paula disse...

Deborah,penso que,desde que haja espaço para ambos os gostos,não há nada de errado(havendo,claro,preocupação com o bem-estar de todos).É triste,porém,ver manifestações como a desse anônimo que,talvez por vergonha,não tenha nem se identificado.A discussão está muito legal(salvo raras exceções),parabéns pela matéria.
Maria Paula Rajão

blogdadeborahrajao disse...

Gostaria de dizer que o espaço neste blog está garantido para qualquer manifestação oficial da Prefeitura, com relação a todos os assuntos aqui discutidos.

Se a Prefeitura quiser enviar uma carta oficial, a postarei com grande prazer.

Acredito que existem várias questões que podem e deveriam ser respondidas aqui, através de um documento oficial que possa esclarecer todas as dúvidas apresentadas neste fórum.

Para se ter uma idéia da importância desse debate, a matéria Na Contramão da Tradição já recebeu mais de 700 acessos em apenas 3 dias de postagem e até à 8horas da noite desta quarta-feira, foram publicados 54 comentários sobre o assunto.

Portanto, fica aqui o convite para que a Prefeitura se manifeste oficialmente sobre todas as questões aqui levantadas. O espaço está aberto.

Se houver interesse. peço que seja enviada uma carta oficial, diretamente para o meu email dorajao@hotmail.com, para ser publicada.

Um abraço a todos e saudações conceicionenses.

Déborah Rajão

Anônimo disse...

... MUITA CALMA NESSA HORA !!!

BOM MOMENTO DE REFLEXÃO ESTE TEMA, PARA PENSARMOS EM RESGATAR A ORIGEM DAS MARCHINHAS DE CARNAVAL,QUE APRENDERMOS A GOSTAR NO SALÃO DO EDEN CLUB E SUAS HORAS DANÇANTES SEMANAIS, ASSIM COMO OS FILMES DO CINE PAROQUIAL E O FESTIVAL CONCEICIONENSE DA CANÇÃO .
VAMOS NESSE !

Delmiro Portilho

Anônimo disse...

Tive uma informação que me deixou bem triste, há pouco. Todo o resto me indignou, mas não me entristeceu:
Parece que a Nímide não levará sua turma pra pular este carnaval na avenida.
Por que? Pelo visto a prefeitura não quis ajudar nos gastos financeiros que ela teria, na confecção das fantasias.

Que seja boato, amém.

Ps.: A verdade é que, com a mega-estrura montada, nem teria espaço pra escola passar nas ruas da av.

Ana disse...

Prezada Deborah,
adorei o blog e achei pertinente as considerações feitas.
Gostaria apenas de fazer uma ressalva. O som em volume excessivo, não icomoda somente aos mais idosos. Incomoda crianças, idosos e até os jovens. O que devemos pensar, é que se os moradores dos demais bairros não gostariam de serem incomodados, provavelmente, os do centro (e proximidades do evento), também não gostariam de serem incomodados.
Ademais, a nossa belíssima IGREJA MATRIZ DE NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO, está passando por um processo lento e complicado de restauração. E uma festa deste porte sendo realizado ali tão próximo, me preocupa...
Não sou contra realização da festa. Mas acho que uma festa deste porte, deveria ser realizada em local mais adequado.
Me preocupa também a questão da segurança.
Sem falar dos enormes gastos...
Espero ainda que as manifestações culturais não fiquem esquecidas. E que não se percam os nossos valores.
Abraços

lulu disse...

Confesso ter me divertido bastante lendo os comentarios aqui. Acho válida a opnião de todos! Mas desrespeito ja é demais!
Acho que a questão posta aqui não é o Axé, ou o funk, ou seja la qual for o estilo musical ....
Sei que se eu fosse passar o carnaval na minha terrinha querida eu até iria gostar!
Mas na MINHA HUMILDE OPNIÃO, acho que falta um pouco de BOM SENSO aí.
Não concordo muito com essa ideia de "Carnaval bombante", por nao achar compatível com o perfil da cidade.
Conceição é uma cidade que considero, por muitas vezes ,meu "refúgio", quando o estress toma conta da cabeça!
E se eu quisesse uma micareta ou algo do gênero, eu iria pra Diamantina, ou qualquer outra cidade com este tipo de festa!
Tirando quaisquer vestígios políticos (que por sinal, eu detesto) acho que realmente é hora começarmos a preocupar mais em preservar as nossas riquezas naturais, nossa história, nosso patrimônio!
Assino embaixo em TODOS os comentários da minha amada amiga Florinha!
Somos previlégiados por Deus por essa cidade maravilhosa, acho mais que justo defendermos nosso património e orgulharmos de fazer parte da histótia dela.

Um Abraço,
Lulu

Alexandre disse...

A Nídime não só não levará seu bloco para a rua como também não autorizou seu filho Gilvan sair com a Bateria da escola de samba.
Por que? Picuinhas políticas!

Se o problema fosse dinheiro para as fantasias, era só ela improvisar e usar as do ano passado. O próprio Gilvan contou que prefeitura liberou sim verba pro convênio com a Unidos da Band, mas por politicagem (opção da Nídime e não da Prefeitura) a Bateria (e o bloco) não vai mais desfilar!

Qua tal a população, tão ávida pelo "resgate da cultura" se organizar e formar uma nova escola de samba pros anos vindouros? (E começar a não sair pondo a culpa de tudo e qualquer coisa na Prefeitura sem nem procurar se informar primeiro!)

Ana, você que se preocupa com a situação da Matriz no Carnaval 2009, não se preocupou com a situação da Igreja do Rosário quando foi realizado o Projeto Matriz agarrado a Igreja? O som potente do evento, que é apontado por muitos como a principal causa do estado atual da Matriz, causou abalos estruturais na Igreja do Rosário que tiveram que ser restaurados em caráter de urgência após o evento. Quem aqui se importou?

Obs: Como pessoas cultas que são, deveriam se dar a o trabalho de, ao menos, ler os comentários anteriores, para não refazerem questionamentos já respondidos, como a questão estrutural, financeira e de segurança: tudo
está sendo organizado com responsabilidade administrativa!

Anônimo disse...

- Desde o início do mês de fevereiro,dizia-se que Nídime estaria doente e sua escola não iria desfilar.

Após a divulgação da programação,diz-se de falta de verba ,para fantasias e restauração dos instrumentos,em última hora.

Interpreta-se que quando se destaca a gana , acontece.As escolas cariocas vendem as fantasias, realizam eventos durante o ano,além dos patrocinadores e com crise ou sem crise ,acontecem.

-O Projeto Matriz,quando realizado no adro , pode ter contribuido para exigir uma restauração urgente da igreja ;o som e cadência na Praça Ubaldina,sentido praça Neftali Brandão,não seriam tão determinantes. Podemos analisar a viabilidade destes eventos,vir a serem realizados no Aeroporto , Estádio de Futebol etc

Delmiro Portilho

Anônimo disse...

CAMÕES

CESSE A FAMA QUE TIVERAM
OS SÁBIOS GREGOS E TROIANOS
QUE UMA NOVA LIRA SE ALEVANTA,COM ENGENHO E ARTE,
SEU SOM ECOARÁ ,POR TODA E QUALQUER PARTE "

VAMOS AFINÁ-LA,PARA QUE EXCELENTES CONCERTOS ACONTEÇAM.

D. Portilho

jfariajr disse...

Déborah,

Acho importante refletir sobre a imposição cultural do Axé.

A indústria do entretenimento, com ramificações na televisão, rádio, jornais, revistas, gravadoras, etc. tem um óbvio interesse em colocar um determinado produto cultural no mercado que seja desejado, portanto, vendável, para o maior número possível de pessoas. Para isso, eles criam esses fenômenos culturais (Axé, sertanejos enlatados, etc). Bombardeiam nossas cabeças com um produto de fácil absorção através de exposição constante no Faustão, Luciano Huck, Band Folia, etc. Obviamente, as presas mais fáceis dessa lavagem cerebral são os jovens. É uma estratégia de mercado tentar passar a seguinte impressão: quem não gosta de Axé não está na moda, é velho, etc. Alguns comentários do seu blog refletem isso.

Alguém poderia questionar: mas, que mal há nisso? Respondo com a seguinte reflexão. A cultura é o traço mais rico e mais marcante de um povo. Se você viajar, além da paisagem nova, verá que os hábitos da população local são riquíssimos. Num lugar diferente, tendem a gostar de uma música diferente da que você está acostumada, vestem-se de modo diferente, etc.

A imposição cultural tende a acabar com essa diversidade. Se dependesse das empresas que controlam a mídia, só existiria uma cultura. Seria mais barato divulgar, mais barato para produzir, mais fácil de vender, etc. Por isso, eles escolhem alguém (normalmente, pessoas bonitas, jovens, com grande carisma, tipo Ivete Sangalo) e empurram-nos isso goela abaixo. Vendem música, mas também vendem sandálias, brinquedos, etc.

Um cantor de serenata, uma banda de cidade de interior, um excelente instrumentista local não têm chance real de serem valorizados. O aspecto histórico também não. Qual é o interesse das gravadoras, das rádios ou da americana MTV em divulgar as manifestações culturais riquíssimas que existem em uma cidade como Diamantina, com seus becos e blocos, seus músicos de sacada?

Agora, especificamente sobre CMD. Haveria interesse público em entrar nessa onda? Atrair mais gente para um consumo predatório, efêmero (só 4 dias) e de baixa qualidade? Ficar conhecida como a cidade do Axé? Ser apenas mais uma dentre as várias cidades que aceitam o que é imposto, em detrimento do que é autêntico, original e que tem raízes locais e históricas?

Por isso, esse debate no seu blog é positivo. Permite a todos participar das decisões sobre a política cultural, pesando os prós e os contras da questão. Afinal, cidadania não se exerce apenas de 4 em 4 anos.

Anônimo disse...

Certo tipo de decisão não se toma em um gabinete fechado lá na prefeitura com meia dúzia de asessores despreparados, parentes exaltados e apaniguados interesseiros e puxasacos, mas tem que ser debatida com todo o arco da sociedade, das classes a até A até a classe E, e ai, me refiro á definição do tipo de turista que os conceiceonenses querem para frequentar a capital mineira do ecoturismo e promover o seu desenvolvimento autosustentável.

Anônimo disse...

Parabens para o comentario refletido e sábio do ffariajr postado hoje ás 9:40.

Anônimo disse...

Ainda bem que nesta admintração a esposa do prefeito nao da piti na prefeitura pedindo para cancelar a programaçao e chamar o filho dela pra tocar.

Flora disse...

Mais uma vez:
Parabens para o comentario refletido e sábio do ffariajr postado hoje ás 9:40.



!

É exatamente este o ponto onde queria chegar!

moreiraw disse...

Mas como é grande a pertinêcia do autor do comentário postado por ffariajr, parabéns.
Percebo ao longo do tempo e de algumas reflexões, como parece que algumas mudanças e atualidades deixam os cidadãos cada dia mais alienados ou sem iniciativas coletivas e/ou simplesmente preocupados com o próprio eu.
Concentram-se algumas ações em poucas mãos e que por motivos pessoais essas mãos ignoram tais ações, revelando uma grande pequinês que ainda possuem. A valorização de uma cidade histórica como conceição se faz necessário pela grandiosidade que essa nos representa. Deve haver espaços iguais para tudo e todos. Talvez por um tempo curto para alguma outra programação , não quiseram passar por esquecidos.
Devem alguns se lembrarem de algum tempo dos blocos unidos da saudade e unidos da cidade. A paticipação principalmente dos jovens era maior, que hoje vejo menos comprometidos e nem tudo girava apenas na pça Ubaldina.
Há pouco envolvimento, no sentido de coletividade, para agir em prol de algo, muitos n querem se "misturar", em meio de tanta gente inteligente e criativa, quanto potencial nao aproveitado!
A saudade da "Fonte da Saudade", a rua do vintém, a rua da direita e a de trás e a av casemiro de souza, onde estão? Agora a rua de baixo também? Já alertava-nos José Ribeiro Costa na "Fonte da saudade", preocupem com as manifestações culturais, porque com o passar dos tempos elas poderão deixar de existir.
Vamos participar meu povo!!
Abços.

Anônimo disse...

Deborah querida,
por criar e mediar,as manifestações em seu blog,não pega bem críticas anônimas à administração,tipo a de 19-2,às 12:33,visto que, dentre outras, muito mais grave ,foi a cerimoniosa concessão de anuência para a mineradora, em final de Jubileu,decidida nos gabinetes . Participamos do protesto em frente ao Eden Club,no dia...,de todas as audiências públicas,em diversos locais e esta pessoa que ecoa a capital mineira do ecoturismo ,onde estava anônima.
Eu tb ,estávamos na Esplanda de Caras Pintadas...e por aí , vamos !
LONGA E COMPLEXA HISTÓRIA
D. Portilho

Anônimo disse...

Rbl -Depois do depoimento do jfariajr,acho melhor as pessoas pensarem mais antes de se manifestarem - muito depoimento vazio- muita conversa jogada fora -muita briga de comadre -
vamos nos informar e com conciência e sabedoria palpitarmos mais tb.

Salatiel disse...

PRECONCEITO PURO! Seria a volta da turma do "canela roxa" e a turma do Éden Club? Ta faltando respeito ao gosto e opiniões dos outros. Quem deve decidir como deve ser o carnaval de CMD? Será que apenas quatro dias vão modificar uma história de mais de trezentos anos? "A capital do ecoturismo"(fictício) não tem estrutura para receber turistas? Conta outra! Cada um na sua. Conceição sempre esteve aberta pra qualquer manifestação cultural. Cada um faz de seu carnaval o que quiser. Tá faltando respeito nos comentários! Moderação? Demorou!!

Anônimo disse...

Oi gente da minha querida e amada terra natal para acabar com tamta espeiculação é só o prefeito divulgar urgente o seiguinte: o megaevento do salabin vai custar tanto, e o dinheiro vai sair de tal lugar, a prefeitura emntra com tanto e as empresa que estão dando ajuda por fora entram com tanto e pronto e acabou. o povo queer e saber de onde saindo tamto dinheiro grosso e que dinheiro é este.isto não é favor é obriagação informar e os vereador estái ai pra que?

Anônimo disse...

e o blog viro circooooooooo
20 de Fevereiro de 2009 10:02 este ai tem que aprender muitooooooo....

Boa Tarde! disse...

O povo não tá preocupado com quanto a prefeitura tá gastando não! Só se a preocupação brotou agora, de uma hora pra outra! Um povo preocupado em criticar antes de um evento e antes até de procurar se informar melhor sobre um evento com uma infra-estrutura mto bem organizada (cujo valor eu não sei mas basta o cidadão interessado procurar a informação na fonte; ou seja, a prefeitura), não deve ser considerado um povo culto. Pois quem é culto gosta de cultura e respeita todas as suas formas. E principalmente, respeita as particularidades das festas e sobretudo, o gosto popular.

Anônimo disse...

quem mexe com dinheiro do povo, tem que prestar conta de cada centavo gasto, para saber se foi bem aplicado e em favor da população.

é obrigação sim senhor, não é favor nenhumn.

depois aparece tudo ai rico e businando de carro novo pra cima e pra abaixo em tempo de passar pro cim do pobre qui anda apé..

assinado conceicionence marçal

Guilherme Matos disse...

"conceicionence marçal" por acaso vc acha que o lugar da prefeitura prestar contas é este aqui????


A prefeitura tem que prestar contas sim, mas nos locais apropriados e das formas corretas.


Prefeito nao tem que dar satisfaçao pra ninguem em blog nao.

Anônimo disse...

...ACONTECENDO

-A infra-estrutura do carnaval ,em geral, está funcionando positivamente , além da expectativa.
-O quesito,estilo musical,está eclético.Tem rolado tb marchinha, pagode e Sammbaaa.
-Os acidentes ,apesar da prevenção,lamentavelmente acontecem,e não devem merecer maior destaque, que o bem sucedido.
-É notório,na multidão , o álibe da alegria ,a limpeza urbana ,estradas em boas condições,complementado por belos dias ensolarados e noites amenas.
Estamos ao segundo dia ,da maior festa popular brasileira de inclusão social-2009.

CADÊ VOCÊ ,DIVERTAMOS TDS
D.Portilho

Anônimo disse...

... ERRATA

DIVIRTAMOS TDS

D.Portilho

Anônimo disse...

...NA MÃO CERTA

Sob as arandelas triangulares, de ROMERO BRITTO ,perfilando as avenidas ,barracas de bebidas e alimentação, tendas árabes para proteger a multidão ,da anunciada chuva que não aconteceu,OS FOLIÕES ,que se refrescavam nos balneários durante os dias ensolarados de verão e à noite,descontraiam-se ,embalados pelo eclético som , extravasando a alegria brasileira.
AGRADECEMOS E PARABENIZAMOS A ADMINISTRAÇÃO,pelo CMD-folia 2009

FOI UM LUXO SÓ

D Portilho

Anônimo disse...

M Á S C A R A S

...taí,pessoal ,na adolescência,confeccionava as máscaras de papel marche,dos blocos de mascarados locais.Pretendo revitalizar esse feito ,para que no próximo carnaval, tenham mais esta opção de fantasia.
... IN,vestimos muitas vezes,heim Deborah
Ái que medo

rs
D Portilho

Anônimo disse...

Deborah, se você gosta de marchinhas e samba isso nao e problema meu.
Mais você foi infantil em dizer que 5 bandas de axé e muito.
E de mais para uma pessoa que ja passo dos seus 30 ANOS.. então nao fique atrapalhando o carnaval dos otros se você quiser descansar vai pra um lugar mai afastado das grandes cidades...
Não vem atrapalhar meu carnaval, porqué eu gostei de mais das bandas...

Anônimo disse...

P R A Ç A S TRADICIONAIS

... HÁ MUITO ,PROCURO SABER ,PELO MENOS , DO ENDEREÇO , ONDE FORAM PARAR AS TONELADAS DE PEDRAS , RETIRADAS DAS TRADICIONAIS PRAÇAS DA SAUDADE e BANDEIRINHA :
SE DOADAS,PRA QUEM
SE JOGADAS NO LIXO ou APROVEITADAS, ONDE
Para entender tamanha prioridade,custo e pressa

D Portilho