quinta-feira, 22 de outubro de 2009

A alma da dança e a dança da alma



Sempre gostei de dançar, de balançar o corpo e sentir toda a energia que ele é capaz de emanar através do movimento. A dança, além de mexer com a estrutura física também agita a alma e traz à tona nossas emoções mais íntimas. O sistema imunológico agradece o aporte de energia que recebe quando dança o corpo. Os músculos ficam mais resistentes, o sangue circula com força pelos vasos sanguíneos, como se participassem de corrida de Fórmula 1 e o coração bate mais forte em agradecimento.

A dança também descansa o nosso cérebro que humildemente se deixa dominar pela soberania do movimento do corpo. Quando dançamos, expomos nossa alma e desnudamos nossos desejos mais profundos de ser o que realmente somos. Colocamos para fora nossas vaidades, sensualidade e alegria de existir.

Quando entregamos nosso corpo à dança, uma comunhão perfeita com o cosmos em constante e infinito movimento se estabelece e as vibrações renovam nossas células e nos sentimos bem mais jovens do que realmente somos.

A dança garante saúde física e mental. Ela contribui para o emagrecimento através da queima de calorias e ainda alivia a ansiedade, aumenta a concentração e melhora o equilíbrio e a percepção.

Não abro mão da dança. Quero continuar dançando sempre... Hoje, amanhã.... e até que, um dia, cessem os movimentos do meu velho e cansado corpo. E neste instante, não estarei infeliz, pois sei que minha alma, com absoluta certeza, continuará, leve e solta, dançando por toda a eternidade!
========================================================

Este texto que você acabou de ler foi escrito e postado por mim neste blog no dia primeiro de janeiro de 2009, numa matéria que tem como título: Que tal dançar em 2009? (vide matéria completa clicando aqui: http://blogdadeborahrajao.blogspot.com/search?q=dança+de+salão

E eu dancei e continuo dançando. Realmente, a dança é a minha paixão, o meu hobby e a minha diversão. Quando estou na academia, esqueço tudo e todos e apenas sinto o movimento do meu corpo e o rítmo da música. E me sinto uma privilegiada por continuar a fazer aulas de dança.

E agora estou em uma nova academia, que se chama Pé de Valsa, uma das mais tradicionais de Belo Horizonte. Trata-se de uma escola maravilhosa, que possui professores e monitores sensacionais, todos profissionais competentes, verdadeiros artistas da dança.

A Academia de Dança e Arte Pé de Valsa foi criada por Leonardo Wenceslau, meu professor e a mulher dele, Elaine Reis, que implementaram uma nova didática no ensino da dança de salão. Nesses 18 anos de funcionamento, mais de 5 mil alunos já passaram pela Academia, que, hoje, tem duas unidades em Belo Horizonte: uma na Av. Prudente de Morais, 901 - sobreloja
Bairro Cidade Jardim - Tel: 3296-6734 e outra na Rua Itanhomí, 172- Carlos Prates
Tel: 3462-990.

Se você quiser conhecer mais sobre a academia Pé de Valsa, acesse: http://www.academiapedevalsa.com.br

Confira agora algumas fotos que tirei após a minha última aula de dança nessa quarta-feira, com a galera do Pé de Valsa:



Eu e meu professor de dança Leonardo Wenceslau


Eu e os bailarinos e monitores do Pé de Valsa, Ana e Alexandre


O monitor Cristiano e o professor Leonardo

A galera nota 10 da Academia Pé de Valsa

E Viva a dança!

3 comentários:

. disse...

Dançar realmente é muito bom,
muitas empresas estão implementando aulas de dança como forma de descontração e integração dos funcionários. contribuiu também para reduzir o stress.
Até o proximo post :)

blogdadeborahrajao disse...

É isso, Ricardo. As empresas que investem na qualidade de vida de seus funcionários com certeza colhem muito mais frutos ou lucros...Funcionário feliz, produção maior e lucro também.
E você, também dança?
Um grande abraço!

Tereza-PDV disse...

Ei Debora, adorei o blog, adorei nossa foto.Não sabia que era jornalista.Vou ouvir seu programa qualquer dia destes,legal conhecer mais sobre vc.beijo.
"DANÇAR ME TORNA MAIS FELIZ"