quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Temos que fazer a nossa parte!

Todos nós cidadãos temos uma parcela de responsabilidade sobre cada castátrofe natural resultante do desequilíbrio ecológico que atinge várias localidades no mundo.

Em primeiro lugar, porque consumimos demais, poluimos demais, procriamos demais, exploramos a natureza demais e em segundo, porque fazemos pouco ou nada pelo nosso ambiente.

O excesso de pessoas e de consumo está levando o homem a desrespeitar cada vez mais o Planeta. Todos os anos as pessoas trocam o carro, o celular, a televisão, a geladeira, o computador e querem cada vez mais adquirir bens materiais.

E eu pergunto: será que o nosso planeta aguenta atender tantas demandas de uma população de 7 bilhões de pessoas e que cresce e consome mais e mais?

Para ter tanto temos que destruir muito, pois toda matéria prima dos produtos que compramos ou almejamos sai da natureza que já começa a se revoltar com tanto desrespeito.

Esse desequilíbrio ambiental a que estamos assistindo é a forma como a natureza reage as nossas agressões. Afinal, para cada ação há sempre uma reação. Se desmatamos, sujamos o ar e as águas, cortamos montanhas, enfim, se provocamos o desequilíbrio o troco virá e de forma cada vez mais ameaçadora e abundante como temos visto acontecer por todos os cantos do planeta. E ainda veremos muito mais se nada for feito.

Mas, o que podemos fazer? Comecemos com pequenas atitudes. Desde consumir menos, reciclar mais e cuidar do nosso pequeno ambiente até cobrar ações das autoridades e denunciar o desrespeito ao grande ambiente, como vem fazendo o cineasta mineiro Rodrigo Valle e sua esposa Dorinha Alvarenga. Os dois vêm lutando em Minas Gerais pela preservação de nossas riquezas naturais. Rodrigo Valle é o autor de dois vídeos que já foram postados neste blog e que se chamam Guarde nos olhos 1 e Guarde nos olhos 2. Eles denunciam os desmandos da exploração mineral na região de Conceição do Mato Dentro-MG.

Recentemente, Rodrigo Valle lançou mais um vídeo que se chama Tô Dentro;I'm in, onde mostra como funciona o esquema dessa entrega de nossas riquezas naturais às empresas estrangeiras que se instalam em nossas Minas Gerais deliberadamente, passam por cima de tudo e todos e com anuência, apoio e respaldo dos governos.

Veja aqui o vídeo TÔ Dentro;I'm in. Assista, reflita e ajude a divulgá-lo. Faça a sua parte.




Assista também à entrevista que Rodrigo Valle concedeu ao programa de Classe apresentado pela TV comunitária:


--

2 comentários:

Dorinha disse...

Olá Débora,

Parabéns pelo blog e por suas reflexões!
Sempre muito pertinentes!!!
Obrigada ainda por divulgar o trabalho do Camarela Studios.

abs

Dorinha Alvarenga

Luis Bento disse...

Há anos que a natureza se queixa...